Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FETICHE PELOS PÉS DA CUNHADA



Eu tenho uma namorada e sou tarado por pés. Sou tarado por todos os pézinhos lindinhos de mulheres, em geral. Mas eu sá olho na boa... em especial os da minha cunhadinha (sempre assim né?). Essa menina é uma safadinha, sempre terminando e voltando com namorados. Acho que chegou uma hora que ela se encheu e ficou sozinha...pelo menos ela parou de sair... e ela começou a falar besteirinhas, tipo falava pra irmã dela, minha namorada, que ia me roubar pra ela, coisa e tal. Eu fiquei mais do que tarado, imagine !! eu comendo aquela gostosinha enquanto beijava os pézinhos dela... mas me decepcionei quando ouvi ela falando a mesma coisa pra outro namorado da outra irmã dela (também uma gostosa, mas séria). Achei então que era sá brincadeira, e entrei na sala de boa. Quando ela me viu, falou: a não, não vou te roubar, prefiro ele, apontando pra mim... fiquei tão nervozo (com Z, exagerado mesmo), que passei reto, sá dando um sorriso amarelo... bem, depois acabei indo no banheiro né ??

Depois ela saiu de casa, fiquei na boa lá com minha namorada. De noite ela chegou meio bebada, foi na cozinha comer. Claro que sai do quarto (sozinho, quarto separado da minha mina) e fingi que ia tomar agua. Passei por ela, senti cheiro de cachaça, tomei agua (ela na dela, sá disse oi). Ao voltar a passar por ela falei: cuidado com o que fala, eu posso acreditar, viu... nossa que coragem... ela olhou bem pra mim e disse: seu tarado safado, tá mesmo de olho em mim né ?? Vou contar pra minha irmã... sai fora nervozzzo, voltei pro quarto tarado e assustado, já tava pensando numa desculpa, quando ela entrou, tirou as sandálias na minha frente e jogou na cama dizendo: isso é pra vc se divertir pensando em mim... mas não vou trair minha irmã seu tarado... e não se preocupe, não vou contar nada. Saiu fora.... cara, que coisa. Será que dei tanta bandeira quando aos pés ?? Eu sempre olhava os dela, mas achei que era discreto (sá achei), e uma vez eu beijei os pés da minha namorada na sala e ela viu, mas fazia tempo... Eu pensei, que se dane, vou me divertir. Esperei um pouco, peguei as sandalias e começei a cheirar, beijar, lamber, sentindo o cheiro e o gosto dos pézinhos da minha cunhadinha gostosa... pus uma no meu pau e fiquei com o outro perto do nariz e boca... até que gozei...nossa que gostoso, o cheirinho do pé, delicia mesmo, quem gosta de pés sabe o que estou falando. Logo depois fiz de novo, agora acabei gozando numa sandalia... dai nem limpei sá joguei embaixo da cama... dormi feliz... veio a manhã, tava tudo bem, tomei café normal, e aparece ela usando a mesma sandália... pensei que putinha mesmo. E depois cheguei nela, tasquei o foda-se e falei a sás... não vai escorregar esse pézinho lindo no meu gozo tá ?? Ela sorriu e disse que tava gostoso... e saiu novamente... e eu... banheiro de novo..... bem, essa histária continua, mas hoje em dia não ocorre mais. Se a galera gostar eu posso contar a continuação de outro dia... e noite tb....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de vizinha oferecidacontos eiroticos familia incestuosa cagando em estupropornoconendo a vizinhacontos casadas de pernas abertasufa ufa ela senta fode e chupacontos incesto de cumadrehomen do pau bem grasso gozando dentro das bucetas e cúcontos gay negrinhoconto ebebedei minha cunhada pra come o cu delaconto gay pirocudo da academiavideo porno no cinema julio dantascontos de sexo com viuvacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteencoxando rabuda no trem casa dos contosvisitando o pai contosCoroa cagou no pau e deixou gosar na boca casa do conto eroticosogro saradoChiquinho chupando pintoContos eróticos de orgias orgia na chacara com a mamae gulosadei o cusinho infância contoscontos eróticos vovó e vovós transandoxvidio desejo incesto proibidocontos gay amigo do irm.aiconto erotico de pinto pequenomeu padrasto negão me cumeu contos euroticosconto erotico novinha acabando com o vovôcontos de incesto maes gostosa na piscinaconto arebentei cu meu patraoconto erotico gay chupando tio bebadohomem maduro contando porque deu o cucasa de contos eroticos tomando leitinho na mamadeiraporno travesti e mae cornocontos eróticos sobrinha convensendo o tio comer seu cuConto eroticos corno liberal safadocontos eroticos pedindo pra cuspi na bocacontos eroticos.boquete da novinha menor de idadecontos eróticos dei o cu ea buceta da cunhadinhacontos eroticos arrombando a gordacontos erotico com mendigoporno conto apertei minha esposa ela confessouconto erótico dando para o vizinho quando o marido saisaboreando a cunhadacontos perdi minha virgindade com casadosarrou a bucetinha no meu ombro no onibusvi meu afilhado peladomedica seduzidapor lesbica historiascontoS lambida animal no raboespiei minha cunhada na pica do negao contosconto erotico meu cunhado fez meu cu sair sanguecasada sedusida contosContos eroticos gay Meu amigo Gordinho na infanciacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentewww.contos porno bi coroascontos eroticos de incesto filho arromba fode mãe carentecontos eróticos picantes sogro comeu a nora no ranchomeu marido chamo o garçom do motel pra me fudercontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos gay primoescravo do meu amigo conto eróticome fudeu dormindo contoscontos eróticos com marido tratado me estupandomarido da mae bolina menina contosencoxando a mina no ônibus conto eroticoContos eroticos saia rodada e fio dentalcunhada. crentexvideoa morena virtual itaperuna rjcontos eróticos minha mulher deu para o Caminhoneiro dentro do caminhãocrente dalo abuceta na igleja no canto eroticocontos o boquete no novinho no onibusxvidio cu mas floxo e da peidiconto erotico mostrando o piru pra garotinhapequenaa noite na praia com a minha irmã contosminha mulher quer dar o cu p outro na minha frentecontos eróticos gay lambendo rabo peludo de machocontos eroticos minha irma no meu quartocontos eroticos o porteiro