Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIADO ERA BEM PUTINHA

Me chamo Persio, 32anos, moro em Niterái e trabalho no Centro do Rio,e sou casado há 19 anos.Tenho duas taras mulher e bunda e, já que bunda é comum de dois, sempre comi homem e mulher. Semana passada, pela manhã chegando na estação das Barcas na Praça Xv, avistei um caroinha (aparentava uns 40 e poucos anos, baixo, troncudo e....bundinha jeitosa) indo para o mergulhão (para quem não é do Rio, mergulhão é o terminal de ônibus urbanos, que fica no subterrâneo da praça). Meu faro de caçador de viado nunca me engana, mas sempre gosto de me certificar de que estou realmente certo, e ver se o cara era do ramo porque ele não dava pinta...mas como foi meu instinto de macho que me chamou atenção para ele, não pensei duas vezes para seguir ele. Desci as escadarias no seu encalço, logo em seguida ele estava no ponto, aguardando o motorista abrir a porta do ônibus. Avaliei minha presa, fofinha, casual, usando áculos, cabelos e bigode ligeiramente grisalhos, barriguinha proeminente com uma cara séria. Ele começou a andar prá e prá cá, disfarçando sua impaciência, quando bateu os olhos em mim... me mediu da cabeça ao pés, fixando os olhos primeiramente nos meus e na medida em que descobria meu corpo deu um tempo entre minha pernas, mostrando disfarçadamente seu interesse na minha ferramenta de dar prazer a cuzinhos gulosos, afinal são 21cm grossos de tesão. Aquela olhada confirmou meus instintos de fudedor, meu cacete se tocou e começou a se manifestar, com certa parcimônia já que minha cueca apertada não permitia que ele se expandisse muito. Mas foi suficiente para o viadinho perceber que meu caralho estava a fim dele. Aproximou-se, como quem não quer nada, mas com a certeza de que eu ñ iria deixar barato. Ataquei de primeira."Vc conhece algum motel bom aqui por perto?" perguntei, insinuando interesse pela morena que acabava de chegar. "Ñ há nenhum aqui perto" respondeu o viadinho, emendando... "nem motel gls tem aqui por perto"... disse ele confirmando que tinha também sacado meu lance, o que eu já não tinha a menor dúvida, e baixou os olhos até meu cacete. "Sou de Niterái, lá eu sei onde ficam todos os motéis gays"... disse e olhei bem pra ele, sinalizando que também fazia um passivinho. Como ñ havia dúvidas da minha parte, de percebi que nào havai da parte dele, enfiei uma segunda de força: "Vc é uma baixinha interessante, vale um investimento. Tá a fim de ir num motel desses que vc conhece muito bem..." Senti que tinha atingido o coração da bichinha com a flecha do tesão... Meu caralho estava estourando dentro das cuecas... Ele timidamente informou que era exclusivamente passivo, observando que "parece que com vc ñ vai haver problema algum quanto a isso" e fitou novamente em direção ao meu pau... Quando chegamos ao motel na Gomes Freire, ele confirmou se o quarto tinha chuveirinho, camisinhas e gel... tomou uma chuverada e lavou o bumbum por dentro e por fora. O coroinha parecia ora um garotinho, ora um putinha... Estirado na cama, meu cacete ficou pra alto... Ele se aproximou, foi beijando minhas coxas até atingir meu saco com linguadas deliciosas e cercar meu caralho de beijos e carícias que me deixavam cada vez mais teso, que nem um ferro. Ajeitou-se de maneira a começar a engolir meu cacete... abocalhou com volúpia e começou a mamar como uma bezerrinha sedenta... "Ah, minha fofinha vadia...mama....mama...mama mais..." eu pedia e gemia com o prazer que aquela boca estava proporcionando ao meu caralho...Já de quatro na cama, mamando meu pau, depois de me alcançar o lubrificante, o viadinho virou o bumbum pro lado da minha cara,e comecei a massagear seu cuzinho, que segurava meu dedo cada vez que eu enfiava naquele anelzinho guloso...alguns minutos depois, meu pau ñ aguentava mais, me levantei repentinamente, que meu caralho saiu bruscamente da boca do putinha, que ficou meio surpreso, caindo meio de banda... já estava na hora de arrombar aquele cuzinho melado de gel... "Fica como vc estava meu viadinho...disse carinhosamente e o putinha imediatamente ficou novamente de quatro e empinou bem o bumbum, virando a cabeça pra tras, olhando meu caralho com olhar pidão... Meu caralho se empinava instintivamente certo de que iria mergulhar naquele buraco de prazer e derramar todo seu tesão pra dentro daquele bumbum guloso... quando a cabeçorra entrou com certa pressão porque o cu do viadinho era manhoso, e a grossura do meu pau fez ele lacrimejar... dei um tempo e montei no putinha para dar a tacada que iria levar meu caralho fundo naquele cuzinho, o paraíso da felicidade do meu caralho... Me estiquei e murmurei no ouvido dele "pede..." O viadinho sabia o que queria..."Mete meu macho,,,mete tudo...mete até tua fêmea ficar completamente preenchida...." Dei uma pegada forte que entrou metade do caralho no bumbum...."Aiiiiiiiiiiiiiii....hummmm....delícia....gemeu o putinha.... Vc está matando tua putinha de felicidade ....disse com a voz embarcada de dor e prazer.... Teu outro tranco forte até ter certeza que tinha enterrado tudo.... "aiiii...ai...aiiiii...ah....aih........ah....meu macho.... uhhhhhhhh...gemeu ela... dei mais um tempinho, antes de começar um vai-e-vem que fui intensificando atentendo o pedido do viadinho, que rebolava tentando que entrasse os bagos....meu saco batia no saquinho dele... encolhidinho e durinho de tesão... Minutos depois gozei como um cavalo...era tanta porra que dava pro viadinho tomar banho... virei ele do avesso de tanto fuder... Comandei a foda pra tirar total proveito daquele cuzinho gostoso... socado, arrombado e troncho o viadinho deitou-se para se recuperar... não dava pra deixar barato, porque eu podia ñ encontrá-lo outra vez, e logo enfiei novamente o cacete na sua boca pra reanimá-lo... em minutos ele estava pronto para levar outra surra de pica... o legal de pegar esses putinhas discretos, submissos e tímidos e que eles obedecem a atendem aos desejos de todo o caralho que se impõe... Beija-flor não era diferente...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meus contos erotico gostosura com papaicontos erotico elas reclamam do pau grandiconto elotico mae safadaboquete gozada boca contoque cunhada casada linda contoscasada vai dar pra outro macho e leva gelO que e aclauzame fode com esse pintãoContos de novinho chupando kct de caminhoneiroCHEGANDO NA PRAIA DE NUDISMO SUAS FILHAS TIRARAM O SUTIÃ?Contos eroticos comi o cu do meu irmão dormindocontos eroticos peidando no pau do velhoContos erotico amigas devendocasadas safadas e o marido sabe q ela da para os outroscontosfilha cadela contos eróticosminha novinha tarada contoconto erótico gay menina da b***** para professoracontos eroticos de chantagemconto hot meu pai me bulinavaCasa dos Contos e******** pelo Negrãocontos eróticos mulheres acompanhada do marido sendo sarrada dentro do ônibus por outro homemContos eroticos transei com meu cachorrohttp://contos eroticos dando a bunda pros pedreiroscontos eroticos so eu e meu gato na chacaramamae falou pra mim q tava carentecontosiririca na frente dele conto eróticocontos pornos casadas cavalaconto duas rolas de 27 cm no cuminha irmã muito gostosa e eu morando sozinhos contoeu e meu avô contos gayeu entrei no banheiro e não sabia que a minha madrastra estava la e come. a xota delaMinha irma e puta do meu pai contoporno gay contos erticos viajando com o meu padrasto caminhoneiroconto erotico primeira vezhome afuder mulher com penis mais grandecontos ninfeta lesbica fodde casada hererocontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticonto erotico da cunhada pegando no paucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos gays de enteado ver o vizinho de cuecabrincando de boneca para chupar as tetas contos eroticosconto noiva cabaço cu 5contos eróticos estupraram minha mulher no cine pornôcontos de travestis comendo os patroesContos eroticos amorosa amigaComendo cu de mulher dormindo conto eroticocontos erotico rabuda e o filho Praia nudismocontos eróticos meu aluno preferidocontos eróticos realrelatos de sexovelhos cafetao fudendo casadabucetarapadinha da sograencoxei e dedei minha sobrinhaconto erotico era pra ser brincadeira e virei cornosogra humilha genro contos eroticoscontos delícia de cacetaoneguinha suja contorelatos dp crentescontos de sexo com viuvaler conto erotico a garota 25fui iniciado conto realevy kethyn istinto ativocontos mulher casada da o cu pro cãoContos eróticos curtos de cachorro lambendo a buceta da vóescrava do meu namorado contocontos erotico eu estou gravida do negao sou casada.contos eroticos marido foi trabalhar e meu sobrinho me pegou no banhoContos mamae é a puta da familia e dos vizinhoscontos eróticos video gamemeu cachorro tem pau gostosorelatos eroticos comi minha cunhada quando peguei ela nuacontos eroticos de padrasto chupador.de.greloseduzindo o marido contomeu pai mim cone desde de crinças contos eroticoscontos cu doceContos Eróticos Angolanocontos eroticos o dia que o pasteleiro mim comeuconto garoto estupradocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos esposa mae fodendo na frente do maridocontos eroticos de estupros entre primosconto transei com melhor amigo de meu filhocriando o sobrinho banho contonora baixinha rabuda adimirada com o tamanho da rola do seu sogrorelatos eróticos sexo com aluno especialcontos eróticos baixinhatirando uma sarradinha mas cunhadinhapincelar no cuconto alisando a sobrinha pequenaconto erotico comendo a dona da mercearia do bairro onde moroo tio ceduzino adolecente metendo odedo priguitinhamurhler.abusada.estrupradoquero ver Márcia cama na buceta e gozando quero ver Márcia cama na buceta e gozando quero ver Márcia acabando a buceta e gozandocomtos de vagabundas que gostão de fuderconto de botei a minha irmã bem novinha pra chora com a pica grande no cu virge