Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A GRÁVIDA QUE CAGOU NO MEU PAU

Sou conhecido como o Jardineiro-Shameless. Sou de Sampa.

Adoro uma aventura com mulheres casadas, coroas, mães carentes, e, inclusive, com mulheres grávidas. Curto muito sexo anal, principalmente, com as cagonas e mijonas. Já fiz três mulheres cagarem no meu pau. Adoro ter no meu pau o cheiro da dona. Também curto chuva dourada.

Mas, vamos ao fato !!!

Em dezembro, minha vizinha Dona Dalva que estava grávida de 6 meses, me contratou para fazer o seu jardim.

Ela preferiu marcar para um sábado que estaria sázinha em casa, pois com o marido e seus filhos viajando, ninguém nos atrapalharia. Achei magnífico, pois eu tinha muito tesão por ela. A Dona Dalva, 35 anos, é loira, olhos verdes, linda !!! Eu fiquei sá fantasiando se rolaria alguma coisa. E, rolou !!! Assim que, cheguei lá, a Dona Dalva começou a conversar e foi bem direta no assunto. Disse-me que, há tempos, percebia o meu olhar de tarado pro lado dela. Perguntou-me se estava correta em suas conclusões. Mesmo arriscando a perder a sua amizade, e também, aquele serviço, resolví encarar a situação. Respondí que era apenas a uma fantasia. Aproveitei e me aproximei dela. Por impulso ao tesão da conversa, agarrei-a pela cintura e beijei-a na boca. A safada não sá permitiu, como enroscou a sua língua na minha. Em instante, estávamos pelados na sua cama de casal. Fizémos um torturante 69. Fiz a Dona Dalva gozar três vezes na minha boca. Depois, coloquei-a de joelhos na minha frente e falei que antes, iria gozar na boca dela, pois eu pretendia demorar o máximo possível no sexo anal. Estando um pouco aliviado, com certeza, eu conseguiria retardar a ejaculação e ficaria um tempão enrabando-a. A Dona Dalva entendeu o recado. Obediente, ela abocanhou o meu pau e mamou carinhosamente. Levando-me à loucura. Gozei intensamente, enchendo-lhe a boca de porra. Ela engoliu tudo, até a última gota. Sem dar tempo para relaxar, ainda de pau duro, coloquei ela de quatro em cima da cama. Cuspi em seu ânus e no meu pau. Assim que escostei a cabeçona roxa do meu pausão naquele orifício anal marron, a Dona Dalva chegou a peidar de tanto tesão. Fui forçando aos poucos, até enterrar a minha tora naquele cú piscante. Ela apertava o seu anelzinho em torno do meu pau. Apertava, soltava, apertava, soltava. Aquela grávida cagava o meu pau prá fora e eu tornava a enfiar. Enquanto enrabava ela, fui dedilhando a sua vagina. A Dona Dalva chegou a mijar na minha mão e eu começava a soltar aos poucos o meu esperma. Não aguentando mais, gozei fartamente dentro daquele rabo guloso. O meu pau saiu com fezes dela. Depois daquele dia, transamos outras vezes. Se alguma madame querer me contratar para fazer o jardim é sá me procurar. E-mail [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos meus amigos comeram minha maePutinha do papai contocontos eróticos - meu pai fez vazectomia para vermos juntoscontos eróticos de gay Fui dormir na casa do meu cunhadocontos eroticos sou empregada domestica e sexual dou o cu todo diahistoria de homem casado que foi extrupado nos banheiros de baladas por negaoEstourei o cu da crente na viagem contoscontos de marido queria ser cornoConto erotico menininha chupou meu pal no onibusconto irmã peladinha dentro de casaeu minha esposa demos carona o cara era um pintudoContos eroticos novinha virgem sendo arrebentada pela mulecadasContratei um travestir e ele comeu meu cucontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticonto erotico chantageado namorada do meu amigocontos eroticos esposa na praiaContos de masturbação com objetos no ginecologistaconto teen gay sozinho em casa calcinhacontos eroticos gay estrupocontos eróticos come a irmazinha no ônibus lotadocontos eróticos esposa fogosa sempre me coloca chifrescontos gays papaizinhocontos eroticos bv e virgindadeporno brasileiro tia pasando u pano na casa e pega sobrinho na punhetaChupari caralho du cunhadoConto espiando a cunhadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteCONTOS EROTICO COM A PRIMA E TIAminha sogra falou que tem dificuldade para gozarcabacinhocontoscontos eroticos transando com enganoContos de zoo dei a buceta pro cavalocontos eroticos mamei no pintinho do nmeu filhinho pequinininhoContos amigos fodem maes de amigos por traicaocontos eroticos novinhas lesbicas seduzindo empregada domesticacontoseróticos perdendo as pregas do cu e xanaconvencir minha mulher zoofiliacontos eroticos submissa chantagem casadasminha esposa e minha dona bdsm contocontocomendo o cuzinho da irmãchaves comendo o cu de chiquinha no banheiroinocênciaperdida contos eroticos gayamo brincar xm a cobra cega do meu primo conto eroticontos eróticos aliviei meu irmãocontos eroticos ..churrasco em casachaves jupano a bucefa da chiquinhacontos eróticos comi minha filha gordaDanadinha sapeca contosvonto erotico cadsfa msnContos eróticos tias e sobrinhoshistorias de sexo de mulheres casadas que gosta de ver o marido emrrabadocontos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travestiesposas coroas ancudas traindo contos eroticosContos eroticos elacarecacontos eroticos ccb viuvas safadaswww.contos euroticos n bar notornocontos de sexo da patroaum careca inesquecivel contoscontos erotico de estuproContos eroticos eu minha esposa e minha cunhada no churrasquinho em casacontoseroticosnamoradavirgemcontos eroticos casadinha seduz sogroconto erotico minha esposa com saudades do bem dotadosexos eroticos meladas de manteigaTitias esperientes c. sobrinhos videos.travestis de sainha rosa gosando de pau babandocontos gay peguei meu pai e minha mãe transandoConto erotico esposa vendadacontos eróticos pepinos pra alacear o raboContos gay fazendo a barbahumilhado travesti contosconto erotico. sobrinha mulatinhaela pegou no pinto dele na marra mais ele gozou