Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA AMIGA, EU E UMA BONECA LINDA

Olá pessoal tenho um conto pra relatar a vocês que pensei que nunca iria acontecer comigo.Bom eu tenho uma amiga que se chama Carla, uma gata dos seus 27 anos, cabelos chamel, 1,60 de altura, pernas grossas, bumbum delicioso de bonito e seios daqueles redondos.A Carla se separou do marido a uns dois anos atras e hoje mora sozinha, como já trabalhei com ela e fazia tempo que não a via, quando nos encontramos botamos o papo em dia e fui convidado a ir a sua casa. Bom marquei com Carla o dia, era uma sexta feira a noite. Chegando lá ao entrar tinha uma outra menina, sentada no sofá, bebendo cerveja, prontamente a Carla me apresentou, a menina que se chamava Priscila, ela tinha mais ou menos uns 1,70, magra, cabelos liso até depois do ombro, parecida demais com a Debora Seco, leventei até um susto quando a vi. Comentei que ela era parecida com a Debora e Carla até riu dizendo que também achava.Começamos a conversar e tomar cerveja, Carla começou a ficar alta, por causa da bebida e logo sem pedir sentou no meu colo, adorei. Ela começou a dizer pra Prisicla que eu ficava com maior tesão dela no trabalho e que ela percebia mais não podia fazer nada porque era casada.Então dei uma deixa e falei: agora você é solteira e começamos os três a rir.Perguntei a ela se este tempo todo ela não tinha namorado, ela riu e olhou pra Prisicila e disse, ai na sua frente meu namorado, assustado respondi se ela virou de lado, novamente ela olhou pra Prisicila e começaram a rir. Bom meu pau já estava começando a ficar muito duro, foi quando Carla, passa a mão por cima da calça e diz: Priscila olha o pau dele como está.Ela então abre a braguilha da calça e retira meu pau pra fora e começa a me bater uma punheta lentamente e depois abaixa e começa a chupar, a Priscila fica olhando, quando ela chama também e as duas começam a me chupar.Então Carla pede pra Priscila subir, ela vem em direção a minha boca e começamos a nos beijar de lingua, que delicia aquela menina e como beijava. Nisso Carla pega minha mão e leva em direção a cailcinha da Priscila, quando sinto um volume, paro de beijar e pergunto o que é aquilo, Carla começa a rir e dizer você tá gostando de beijar Priscila, nisso fiquei sem geito e quando olho, vejo Carla com o pau da priscila na boca. Era um pau cumprido, fino e com uma chapeleta bem grande e larga.Priscila então fala: vc quer parar, não gostou. Eu fiquei com tanto tesão, vendo aquela gatinha que era um homem, mais todo transformado numa mulherzinha linda e ainda mais, parecida com a Debora Secco, desci minha boca pelo seu pescoço e comecei a chupar aqueles lindos peitinhos que ela tinha.Nisso Carla já estava pelada e subiu em cima de mim e começou a cavalgar como uma puta, eu continuava chupando os peitinhos da Priscila e esta por sinal os peitos da Carla. Carla gozava uma atras da outra como uma cadela no cio.Mudamos de posição a Carla ficou de 04 e a Priscila começou a fude-la e eu dando o pau pra Carla chupar e tambem oferecia a Priscila.A Carla então me pediu pra fuder o rabinho da Priscila. Quando coloquei, que delicia, uma bundinha magrinha de garota ninfeta, fizemos um trenzinho e acabamos gozando os três juntos.Fomos tomar um banho e voltamos pra sala e começamos a conversar, eu e as duas um em cada lado. Começamos a nos alisar e meu pau começou a subir novamente, beijava uma depois outra.A Carla então aproveitou que a Priscila foi na cozinha pegar uma cerveja e me perguntou se eu não queria chupar o pau da Priscila junto com ela. Assim que a Priscila sentou a nosso lado a Carla partiu pra cima e nem deixou eu pensar, me puxou me mandando chupar junto com ela, comecei a lamber de um lado e Carla do outro, senti um gosto bom, então Carla guiou ele todo pra minha boca e mandou eu mamar, a Priscila por sinal me xingava de cachorro e mandava eu chupar gostoso, que eu era um puto chupador de pau e de buceta.A Carla então me puxou abriu a bunda com as duas mãos e sentou lentamente no pau da Priscila, vi aquele pau daquela ninfeta enterrar tudo no cú da Carla e ela rebolando e indo ao delirio, comecei a chupar de frente a buceta da Carla e depois de uns 19 minutos enfiei o meu pau,fazendo umA DP, a Carla gozava e nos xingava de seus filhos da puta, novamente gozamos enchendo a buceta e o cú da Carla de porra.Depois de um tempo, conversando nás três a Carla me perguntou se eu já tive vontade de dar a bunda, disse a ela que sá imaginava e que já tinha batido punheta imaginado, ela então disse se eu queria experimentar com a Priscila, então respondi que era grande e que tinha uma cabeça muito grande. Carla então disse que era sá a cabeça e que quando passase pela entrada o resto era fino e também que ficaria em segredo entre nás três.Então ela veio me acariciando e meu pau com esta conversa muito duro e meu cú latejava. A Carla começou a me beijar e falar baixinho no meu ouvido: quero ver você bem viadinho pra Priscila. Me puxou pela mão e me levou ao quarto dela, foi na gaveta e tirou uma calcinha dauqelas de renda larga, mandou eu por e me deu uma camisolinha bem sexy, voltamos pra sala. A Carla me deu um tapa na bunda e mandou eu me exibir rebolando. Elas riam e a Priscila ficava se masturbando lentamente com o pau muito duro e fazendo aquela carinha que faz a Debora Secco, quando está com tesão. A Carla então manda eu me curvar e começar a passar o dedo na entrada do meu cuzinho e depois a lingua e pega encima da mesa um pote de gel e passa no meu cuzinho. Nisso a Priscila fica escorada na mesa, a Carla me leva perto dela e começamos a trocar um longo beijo de lingua, depois me viro, tipo como vou sentar no colo dela, a Carla pega seu pau e começa a esfregar na entrada do meu cuzinho e empurra um pouco pra dentro, dou um gritinho de dor, nisso ela me larga e Priscila me puxa pela cintura, grito, ai taaaaaaaaadoendddoooooooo, elas começam a rir, sinto a cabeça passar pela entrada e o restante deslizar, começar a arder, então a Priscila fala aspiramente: rebola seu viadinho com este cuzinho gostoso, começo a rebolar com a calcinha de lado e naquele camisolinha. Prisicila começa a falar no meu ouvido: tá gostando putinha, este cuzinho agora é meu, Carla olha e se masturba no sofa assistindo, depois vem e começa uma lenta punheta e quando ela senti que Priscila vai jorrar o gozo no meu cú ela acelera a punheta, não aguentando de tanto tesão solto jato de porra o mesmo com a pica da Priscila na minha bunda. Nos beijamos e depois resolvi ir embora esgotado e marcamos um outro encontro.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico finalmente minha prima quis transar comigozoofilija detei i porócontos sexocontos eróticos de mulheres casadas que curtem zoofilliasocando a mao no cu do namorado tinsbudao fudida por varios brutosesposa puta do meu tio corno contofui sodomizado por varios travestis conto eroticocontos eróticos de travesti comendo b*****Contos eroticos levei de um activo negrocuzinho melado de manteigaeu mae e filha contos de sexoConto porno marido repartindo a mulher com cachorro de rua zooContos eroticos de de lindos travestis tarado por cucontos eroticos sou casada minha irma deixou meu sobrinho em casatiraram a roupa da esposa contoconto erotico marido dormiuhttp://contos eroticoscontos de sexo depilei minha bucetacasadas baxias di calsias na zoofiliacontos eroticos pequena fofinhacontos eroticos com primas bebadascontos de meninos descobrindo a punhetacontoscomsograsgeladinho queria tar na pica no meu pai conto eróticogorda novinha pelada peito disiosacomendo cu ensaboado gay xincesto meu sobrinho contos eroticocontos fiz tesoura na minha irmanzinha pequenininha e foi gostozominha tia travesti contoscontos de incesto pais deflorando filhasconto erotico viado afeminado escravizado por macho dominadorcontos eroticos sandracontos erótico de coroas casados trancando com novinho BA baladascontos eróticos: prima comprometidaconto erotico de mamae no biteen comendo enpregada marra contosconto erotico gay chupando tio bebadoMinha namorada deu a bucetacomvidando e comendo amiga de sua mãequeria experimentar esperma contoTenho 60 anos e minha bunda ta se mais contosconto erótico "totalmente peladinha" ruacache:_QX2Hi6UFVcJ:okinawa-ufa.ru/conto_15855_eu-e-meu-sobrinho-antes-do-primeiro-reato-meu.html Conto a buceta peluda da minha irmanovos contos eróticos entre namorados dpprimeira vez em fraldas tesãoconto erotico gay chupando tio bebadodeflorando bucetinhas com pepinoscontos eroticos fazendo troca troca quando meninoConto comi a familia todacontos erótico rodeios da minha filhaputinha do papai desde-conto eroticochamei meu vizinho bem novinho fudi o rabinho dele contosContos minha mulher falou que queria ser puta rampeiraFotos contos eroticos casada zoofilia cavalo e maridodevavar descobri que meu marido queria ser corno sou crente marido conto erotico amante paucontos com a visnha casada escondido oasobrinha de 9 contosconto gay sendo estupradocontos de coroa com novinhof****** o c****** da cunhadinha s*****marido violento - conto eroticopq gravida tem bucetas mais lubrificadas com vontade de metercontos esposa branquinhafui arrombado contos gaysconto elotico mae safadaporno recepção contoContos erotico enfiando a mao no cuMeu marido comeu a minha filhaContos erotico viado e corno no hotel dividindo quartoconto erotico transex se produzindo para encontroconto erotico sougostosa e taradacontos eroticos meu colega e minha filhaconto gay primeira punhetacontos eroticos arrombando a gordacontos fudi a minha chefecomi o cu da empregada - contosela me endinou a roçar grelo com gtelo/contookinawa.ufa.ru conto orgíaspegando hetero casado conto gayporno insesto na hora gue o tamanho do pau me asusteiconto arebentei cu meu patraoconto erotico gay chupando tio bebadocontos erotico mimha filha e minha neta