Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA AMIGA, EU E UMA BONECA LINDA

Olá pessoal tenho um conto pra relatar a vocês que pensei que nunca iria acontecer comigo.Bom eu tenho uma amiga que se chama Carla, uma gata dos seus 27 anos, cabelos chamel, 1,60 de altura, pernas grossas, bumbum delicioso de bonito e seios daqueles redondos.A Carla se separou do marido a uns dois anos atras e hoje mora sozinha, como já trabalhei com ela e fazia tempo que não a via, quando nos encontramos botamos o papo em dia e fui convidado a ir a sua casa. Bom marquei com Carla o dia, era uma sexta feira a noite. Chegando lá ao entrar tinha uma outra menina, sentada no sofá, bebendo cerveja, prontamente a Carla me apresentou, a menina que se chamava Priscila, ela tinha mais ou menos uns 1,70, magra, cabelos liso até depois do ombro, parecida demais com a Debora Seco, leventei até um susto quando a vi. Comentei que ela era parecida com a Debora e Carla até riu dizendo que também achava.Começamos a conversar e tomar cerveja, Carla começou a ficar alta, por causa da bebida e logo sem pedir sentou no meu colo, adorei. Ela começou a dizer pra Prisicla que eu ficava com maior tesão dela no trabalho e que ela percebia mais não podia fazer nada porque era casada.Então dei uma deixa e falei: agora você é solteira e começamos os três a rir.Perguntei a ela se este tempo todo ela não tinha namorado, ela riu e olhou pra Prisicila e disse, ai na sua frente meu namorado, assustado respondi se ela virou de lado, novamente ela olhou pra Prisicila e começaram a rir. Bom meu pau já estava começando a ficar muito duro, foi quando Carla, passa a mão por cima da calça e diz: Priscila olha o pau dele como está.Ela então abre a braguilha da calça e retira meu pau pra fora e começa a me bater uma punheta lentamente e depois abaixa e começa a chupar, a Priscila fica olhando, quando ela chama também e as duas começam a me chupar.Então Carla pede pra Priscila subir, ela vem em direção a minha boca e começamos a nos beijar de lingua, que delicia aquela menina e como beijava. Nisso Carla pega minha mão e leva em direção a cailcinha da Priscila, quando sinto um volume, paro de beijar e pergunto o que é aquilo, Carla começa a rir e dizer você tá gostando de beijar Priscila, nisso fiquei sem geito e quando olho, vejo Carla com o pau da priscila na boca. Era um pau cumprido, fino e com uma chapeleta bem grande e larga.Priscila então fala: vc quer parar, não gostou. Eu fiquei com tanto tesão, vendo aquela gatinha que era um homem, mais todo transformado numa mulherzinha linda e ainda mais, parecida com a Debora Secco, desci minha boca pelo seu pescoço e comecei a chupar aqueles lindos peitinhos que ela tinha.Nisso Carla já estava pelada e subiu em cima de mim e começou a cavalgar como uma puta, eu continuava chupando os peitinhos da Priscila e esta por sinal os peitos da Carla. Carla gozava uma atras da outra como uma cadela no cio.Mudamos de posição a Carla ficou de 04 e a Priscila começou a fude-la e eu dando o pau pra Carla chupar e tambem oferecia a Priscila.A Carla então me pediu pra fuder o rabinho da Priscila. Quando coloquei, que delicia, uma bundinha magrinha de garota ninfeta, fizemos um trenzinho e acabamos gozando os três juntos.Fomos tomar um banho e voltamos pra sala e começamos a conversar, eu e as duas um em cada lado. Começamos a nos alisar e meu pau começou a subir novamente, beijava uma depois outra.A Carla então aproveitou que a Priscila foi na cozinha pegar uma cerveja e me perguntou se eu não queria chupar o pau da Priscila junto com ela. Assim que a Priscila sentou a nosso lado a Carla partiu pra cima e nem deixou eu pensar, me puxou me mandando chupar junto com ela, comecei a lamber de um lado e Carla do outro, senti um gosto bom, então Carla guiou ele todo pra minha boca e mandou eu mamar, a Priscila por sinal me xingava de cachorro e mandava eu chupar gostoso, que eu era um puto chupador de pau e de buceta.A Carla então me puxou abriu a bunda com as duas mãos e sentou lentamente no pau da Priscila, vi aquele pau daquela ninfeta enterrar tudo no cú da Carla e ela rebolando e indo ao delirio, comecei a chupar de frente a buceta da Carla e depois de uns 19 minutos enfiei o meu pau,fazendo umA DP, a Carla gozava e nos xingava de seus filhos da puta, novamente gozamos enchendo a buceta e o cú da Carla de porra.Depois de um tempo, conversando nás três a Carla me perguntou se eu já tive vontade de dar a bunda, disse a ela que sá imaginava e que já tinha batido punheta imaginado, ela então disse se eu queria experimentar com a Priscila, então respondi que era grande e que tinha uma cabeça muito grande. Carla então disse que era sá a cabeça e que quando passase pela entrada o resto era fino e também que ficaria em segredo entre nás três.Então ela veio me acariciando e meu pau com esta conversa muito duro e meu cú latejava. A Carla começou a me beijar e falar baixinho no meu ouvido: quero ver você bem viadinho pra Priscila. Me puxou pela mão e me levou ao quarto dela, foi na gaveta e tirou uma calcinha dauqelas de renda larga, mandou eu por e me deu uma camisolinha bem sexy, voltamos pra sala. A Carla me deu um tapa na bunda e mandou eu me exibir rebolando. Elas riam e a Priscila ficava se masturbando lentamente com o pau muito duro e fazendo aquela carinha que faz a Debora Secco, quando está com tesão. A Carla então manda eu me curvar e começar a passar o dedo na entrada do meu cuzinho e depois a lingua e pega encima da mesa um pote de gel e passa no meu cuzinho. Nisso a Priscila fica escorada na mesa, a Carla me leva perto dela e começamos a trocar um longo beijo de lingua, depois me viro, tipo como vou sentar no colo dela, a Carla pega seu pau e começa a esfregar na entrada do meu cuzinho e empurra um pouco pra dentro, dou um gritinho de dor, nisso ela me larga e Priscila me puxa pela cintura, grito, ai taaaaaaaaadoendddoooooooo, elas começam a rir, sinto a cabeça passar pela entrada e o restante deslizar, começar a arder, então a Priscila fala aspiramente: rebola seu viadinho com este cuzinho gostoso, começo a rebolar com a calcinha de lado e naquele camisolinha. Prisicila começa a falar no meu ouvido: tá gostando putinha, este cuzinho agora é meu, Carla olha e se masturba no sofa assistindo, depois vem e começa uma lenta punheta e quando ela senti que Priscila vai jorrar o gozo no meu cú ela acelera a punheta, não aguentando de tanto tesão solto jato de porra o mesmo com a pica da Priscila na minha bunda. Nos beijamos e depois resolvi ir embora esgotado e marcamos um outro encontro.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos com mulher pedindo pracontos eroticos comi uma crentecontos de mulheres fudendo com homes depica grande e grosanegra da pra um de4 e chupa do outro por dificuldade em motelvê seu pau foi a gota d'agua "contos eroticos gay"contos eroticos de tio e novinhascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentebuceta carnuda comtos de sexo lesbicasler contos pornô de i****** pistola gostosa do meu filhometeu a pica gigantesca na passista deliciosaconto erotico de shortinho marcando fui abusada pelo velhocontos gostoso prima tiacontoseroticoscomcadelasfilhinha de papai tirando a camisola e fica nuacontos apanhando do tutorcontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos castracao com medicaconto erotico tapaela olhou e disse que rica piça contosrelatos eroticos casada traindo com garotinhosmulher dominando casalcontos eróticos enteadoscontos eroticos virei amante do tio do meua mendiga gostosa na chuva contos eroticoscontos eroticos de professora coroa fudendo com novinhorossou em mim contosConto erotico com padrasto.contos eroticos arrombando a gordacontos eroticos no velorio do meu maridocontos.de.velha.crente.taradaminha esposa adora segurar o pau do meu sobrinhovoyeur de esposa conto eroticoconto erotico gay chupando tio bebadovideos porno pai afunda as tanga da filha virgemcontos eroticos calcinha da minha irmacontos eroticos negao cimeu minha gordinha esposaContos eróticos malíciacontos de cú de tia gordacontos eroticos levei rola com meu marido en casaconto erotico fui no pagode e comi um travestiesposa na praia de nudismo passa lama contoTravessa gostosa lavando a b***** em casa com cama escondida"muito aberto" gay contosou amante de minha irma/conto eroticocontos eróticos gay coroa indo morar inteiro contos eu com namorado eo primo dele com a namorada contos eróticos coroa com dois mlksconto de cunhada tarada dando o cucontos mulher casada mete com genro sem familia saberconto erotico engolindo porraler contos de jovens heteros iniciados por outro jovem no sexo gayDoberman fode contosminha esposa no motel com o edvaldo contos eróticoshistorias eróticas menininha sapecacontos eróticos aliviei meu irmãopassei pirulito na buceta  Quando tinha 22 anos, adorava comer lekes mais novos. Uma das minhas aventuras mais excitantes foi quando descobri que meu primo Tiago , que morava na mesma rua , esta liberando geral nas brinacediras de pique-escondi da rua.Até então já havia tra  Contos eroticos mamae gulosa mamando no pau de seus cinco filhos bem dotados em orgia no sitiotirou as pregas dela contosoai fudendi a noivacontos a mulher do meu amigo queria um pau grandecontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoescontos eroticossobrinha brincando com bonecacontos comendo mulher na despedida de solteira no carnavalpau grande enfiadi. todo nicucontos esposas na praiacontos eroticos de ninfeta no consoloContos gay carnaval em Veneza contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto gay viagem onibus longacontos eroticos macho caralhudocontos eróticos devemos dividir o mesmo quarto com um casal de amigoarmei para comer minha vizinha contos eróticosfoto dabundona da tia