Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA QUERIDA CUNHADA

Minha cunhada querida



Bom deixa eu me apresentar primeiro, me chamo Danilo tenho 26 anos, sou casado a seis, e tenho uma cunhadinha que é um sonho, um sonho que eu consumei.

Quando comecei a namorar minha esposa minha cunhada tinha apenas 19 anos de idade, então como era muito criança naquela época não se importava em andar na minha frente entre trajes mais íntimos, como de camisola, baby dool, ou até mesmo sá de calcinha, foram poucas vezes dessa ultima, mas aconteceu e todas foram de surpresa, sá de calcinha ela não tinha o costume de ficar na minha frente. Bom acontece que com 5 meses de namoro minha esposa engravidou e acabamos nos casando em 20 dias, foi o tempo que o cartário demorou pra correr com os papeis.

Já em nossa casa minha cunhada ia muito lá, e dormia muito também lá em casa, e ver ela de camisola e às vezes de calcinha aumentou e como estava em casa e gosto de liberdade em minha casa comecei a ficar sá de cueca na frente dela, no começo minha esposa começou a reclamar dizendo que sua Irma estava em casa e essas coisas, ai tive que dar uma engrossada com ela dizendo que estava em casa e gostava de ficar assim, se ela não quisesse que falasse pra sua Irma não dormir mais La em casa. Isso nunca aconteceu e quando minha cunha da estava em casa andar de cueca na sua frente era normal.

Acontece que ela cresceu e quando estava com 19 anos engravidou de uma carinha ai, e no começo eles não sabiam se iriam se casar ou não, e pra piorar ela não queria mais ficar na casa dos pais com medo de represarias, então sobrou a casa do cunhadão aqui. Ela ficou quase um mês em casa morando conosco e pra mim tudo mudou. Como visita ela ficava um dia sá e ia embora, agora morando em casa já mudava muita coisa.

Como gosto de liberdade em casa, muitas vezes ela me viu pelado, pois entrava no meu quarto se bater, mesmo por que a porta sempre ficava aberta, e me via pelado La, pra mim super normal, pois não tenho vergonha, mas ela sempre pedia desculpa.

Uma vez entrei no banheiro, a porta não estava fechada e tinha acabado de chegar da rua, e peguei-a peladinha no banheiro tomando banho, ela deu aquele gritinho que as mulheres geralmente dão quando são surpreendidas e pediu pra eu sair, mas antes dei uma olhada de cabo a rabo e depois sai. Depois que ela saiu do banheiro e estava sá de camisola (safada ela) fui conversar com ela e pedir desculpa, ela disse que tudo bem que também já tinha me visto um monte de vezes pelado e que eu não tinha gritado. Disse pra Ela que não tenho vergonha e por mim eu andava pelado em casa, ela disse pra eu não exagerar.

Bom acontece que ela se entendeu com o namorado e resolveram se casar, e ela voltou a morar na casa dos pais até sair o casamento. Passou se três anos depois desses acontecimentos ela já com seu filho de um ano e meio e morando com o marido. No ultimo sábado dia 28072007 nos tínhamos uma casamento de um primo deles para irmos, e recebemos vários parentes de fora para hospedarmos em casa, sá que já estava dando a hora de sairmos e tinha muita gente ainda pra se arrumar em casa e minha esposa ligou pra minha cunhada perguntando se eu poderia ir até lá tomar banho, pois ainda tinha muita gente em casa pra se arrumar, ela disse que sim e que ela estava acabando de entrar no banho que se eu fosse pra esperar um pouquinho. Minha esposa me dizendo isso disse que então já iria sair, pois passaria na minha sogra antes pra ver como estava às coisas por lá e depois iria pra casa da minha cunhada, mas não fiz isso fui direto pra lá. Chegando ela atende o interfone e diz pra eu entrar e esperar na sala, pois ela estava acabando seu banho. Entrei e esperei na sala ai vejo sair do banheiro enrolada na toalha e me diz assim:

- Se vc quiser pode ir tomando banho, mas estamos sem porta na casa, pois levaram elas pra envernizar e eu disse que tudo bem, pois ela já estava acostumada a me ver pelado, ela deu um sorrisinho e foi para o quarto.

Me levantei e fui pro banheiro, antes fui na porta do quarto dela, que também estava sem porta, pra perguntar do meu cunhado, e ela já estava sem toalha e estava nua em pelo, ou melhor, sem pelo, com a xaninha depiladinha, volto sem ela me ver e pergunto do banheiro mesmo cadê o corno, ela diz que ele esta na casa da mãe dele com seu filho, pois não vão no casamento, pois ele não gosta desse nosso primo que vai se casar.

Eu entro no chuveiro e começo a tomar meu banho quando ouço ela perguntado se pode entrar um pouquinho no banheiro, pois precisar acabar de se arrumar, e diz que não vai nem me olhar, eu digo que pode. Alguns segundos depois ela me pede um creme que está na prateleira dentro do Box do banheiro, eu digo que não posso pegar agora, pois estou com a cabeça ensaboada ela diz então eu vou pegar posso, digo sim ela entrar no Box e vê meu pinto duro e diz assim; - Nossa Danilo nunca vi ele assim, é bem maior que o do corno, eu digo quer experimentar, ela não diz nada, mas como estava com os olhos fechado sinto uma Mao em cima do meu pinto massageando ele, eu digo vai em frente, enxáguo minha cabeça e quando olho ela estava peladinha ainda e já iniciando um boquete maravilhoso. Me chupou muito e eu também chupei ela, o gosto da buceta dela é maravilhoso muito cheirosa. Pego ela nos braços e a levo pra cama, onde acabei de chupar sua bocetinha. Depois coloquei ela de quatro e mandei vara dentro, ela gozou sá com minha estocada, devia ta na seca, metemos de todos os jeito até que o telefone tocou e era minha esposa perguntando por que estava demorando. Depois desse dia nunca mais comi minha cunhada, também faz pouco tempo da primeira, mas quem sabe não consigo de novo.







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos minha mulher deu a buceta no cinemafoda develha bundeirasou casado e bem-casado e quero fazer uma fantasia sexual com minha esposa isso é normalPuta merda!!!para!(conto teen gay)contos eróticos não sabia que meu marido era gaycontos eroticos pedreiro estuprando o ajudantecontos eroticos hetero com lesbicaengravidaram minha mulher contos pornoconto erótico estrupadacontos/ morena com rabo fogosocontos erotico sandracontos eroticos sozinha com o peãowww.buceta casada depilando a irmãcasada.comContos eroticos irmazinha dormindo na pediatriaesposa puta do meu tio corno contoconto erotico gay entre pai e filhomulher chupando o pau do Felipe e as outras olhandoprimeira vez no mato contos eroticospaguei minhas conta com a buceta levei vara sem do contos eroticosgosto defazer foi terra no meu maridocontoscomo chupar o pau do meu marido e fazer ele gozar lejeiro e gemer mais que tudoguri gozando na lajetraveati fudendo na cpzinha do apartamento no fruta pornoempinotizada e fodida vídeos porno Contos eroticos comi meu primo na frente da minha tiaGravida do papai contoscontos de encoxadaCoroa de vestido no churrasco sendo encoxada e marido vendocontoa minha namorada num cine pornocontos eroticos minha sobrinha viu meu pau e pediu para segurarcontos esposa branquinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos com novinha casada com cara do pau gigantesimulei assalto para comer mae contos eriticosConto de sexo com a maninhachantagem a mae contosVizinha magrinha de cabelos preto fada do sexoporno familia papai e minha irma e euconto erotico gay bebadocontos eroticos primeira vez infância incestopassado o feriado prolongado na casa da tia conto eroticovideo pornodoido machueimuie pega a manguera do amigo do cornaoconto tio queria agarrar a moçacontos eróticos minha esposa em sabe quem enrabou elacontos: sentei no colo do velhomulher traindo marido com cunhado dotado contoerroticocontos eroticos arrombando a gordacontos meikilacontos lesbicas coroas casadasconto erotico irmaos ensinando amaninha crenteContos eroticos comendo mãe e filhameu cunhado solteiro ele e o irmão gemeo do meu marido eu fui com ele no seu carro pro motel conto eróticocontos comf otos coroas em caldas novarelatos eroticos traicoes consentidamaisexo vidio de zoofilia com travestispadrinho cumedo a filhadaContos erotoco curtos e detalhes por detalhes conto de uma adolecenti de colegial que fui fodida sem dó aos 18 anos de idadespasando a mão na buceta da mulher com calsinseseto commforcaconto casado dei pra travestiContos eróticos cumendo a prima virgem apertadocontos eroticos sexy romantico e gostosoMulher menstruada fica tarada contossobrinha de 9 contoscontos eroticos tia marta coroa morena safada quero sua pica sobrinho contos eroticos fazendo troca troca quando meninoContos eroticos de velhas tetudasContos eroticos de pai engravidou a filha peitudaconfia minha madrasta no pornô chorando gostosacontos de mulheres ninfomaniaca por sexocontos eróticos enormes nadegaspernas grossas dosexocontos cunhada provoca com shortinho socadoconto erotico minha mulher nua na frente do paideserto conto heterocontos/minha esposa com um negro dotadopai quero atencao contos eroticospapai mim comeu contoscom doze anos bonitinha virei mulher esperta contos eroticoscontos eroticos virei mulher hormôniorelatos erotico brasil surubacontos eroticos pedindo pra cuspi na bocahomem estrupa cadelinha sem estar no cio conto eróticocontos gay treinadorputa que mora no bairro portãocontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no rabocontos flagrei uma coroa mijando atrás da minha casa peguei ela na marra meti a rolaconto erotico gay chupando tio bebadover travesti dano o cu pra sincaras r chupano pimtoContos de transas com dotadosCasa dos contos erticos