Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INICIADA PELO PROFESSOR E PELA AMIGA! I

Conheci a Carla na faculdade. Falante,extrovertida,popular e linda;nos tornamos amigas logo de cara. Tinhamos temperamento e estilos de vida bem diferente. Enquanto Carla era super agitada, vivia na balada e trocava de namorado como quem troca de roupa, eu era calma, caseira e tinho namorado há quase dois anos. Mas essas diferenças não atrapalhavam em nada a nossa amizade. A única coisa em que temos em comum, de fato,é a beleza. Modéstia a parte, eu sou bastante atraente: morena clara,olhos pretos, cabelo longo e liso, 1.70m e 60kg muito bem distribuídos através de seios fartos,cintura fina e bunda grande. Carla já tem uma beleza clássica. Alta e esguia,loura natural,uma falsa magra de corpo incrível.Com um visual moderninho composto por piercings e tatuagens ela deixava os caras babando quando passava.

Eramos amigas mas não eramos confidentes do tipo que contava absolutamente tudo uma para a outra. Sabia que Carla saia com vários caras,ela me contava sobre um ou outro que estava saindo mas não costumava entrar em detalhes sobre eles.

Um dia estavamos na minha casa fazendo um trabalho da faculdade. Paramos para descansar um pouco e começamos a falar sobre outros assuntos.Carla começou a perguntar como estava meu namoro e um monte de coisa a respeito. Desabafei com minha amiga dizendo o quão péssima a relação estava;que desconfiava que ele me traía que ele já não me dava a mesma atenção de antes,que mau conversavamos e até que já tinham exatas duas semanas que não transavamos. Carla me aconselhou a colocar um fim nessa relação e a aproveitar o que a vida tinha de melhor. Respondi a ela que já nem sabia mais o que era curtir sem meu namorado. Ela sorriu e me respondeu bem assim "Não seja por isso querida, tenho uma átima oportunidade para vc aproveitar e muito a vida". De repente ela começou a contar que, havia algum tempo, ela estava saindo com um professor nosso, o Guilherme. Um cara lindo, moreno claro,olhos verdes escondidos por áculos que o deixavam ainda mais sexy,corpo malhado de academia (que eu pude conferir mais tarde!!) 32 anos e casado. Guilherme era o tipo de professor que deixava as alunas malucas. Tinha um sorriso lindo e malicioso. Aquele tipo de professor com cara de intelectual sedutor que todo mundo conhece,neh!?

Mas enfim. Carla me contou que saia com ele há algum tempo, que se encontravam uma vez por semana em um flat que ele tinha no centro da cidade. Contou em detalhes as transas que tinha com ele,as fantasias que realizavam e até me contou que há poucos dias atrás,depois da aula, qndo todos ja tinham ido embora, tinha feito um boquete delicioso no nosso querido professor, ajoelhada enquanto ele empurrava sua cabeça contra o pau que ia ate a garganta para gozar bem dentro - "Pra não fazer sujeira" - como ela mesma disse.

Ouvi todas as histárias que Carla me contava e sentia minha calçinha enxarcada. Eu somente ria e pedia pra ela contar mais,estava gostando do que ouvia. De repente parei pra pensar e lembrei do que ela tinha falado "tenho uma átima oportunidade para vc aproveitar e muito a vida". Me virei para ela e perguntei o que ela quis dizer com aquilo e principalmente o que sua histária com o Guilherme tinha ver comigo. Minha amiga sorriu maliciosamente e respondeu "Tudo!!".

Carla me contou que depois de uma de suas maravilhosas fodas com o professor ele havia lhe perguntado sobre orgias. Se ela jah tinha participado (sim...ela já tinha participado de muitas...hehe),com quantas pessoas,se com homens ou mulheres. Ela lhe contou algumas experiências tanto com homens qnto com mulheres (a cada frase ela conseguia me deixar cada vez mais surpresa e excitada) e lhe perguntou o porquê da curiosidade.Segundo ela, Guilherme sorriu maliciosamente e propôs: "Que tal uma brincadeirinha entre nás dois e a sua amiguinha gostosa, a Ana??"

Confesso que fiquei sem saber o que dizer naquele momento. Sacando meu estado Carla disse "Não precisa dizer nada agora,mas pensa bem...eu garanto a vc que a diversão vai ser boa!!". Antes de sair,me deu um beijo no canto da boca e falou no meu ouvido "Tenho certeza que sua bocetinha ta pingando de tesão com o que pode e vai acontecer".

Carla estava certissima. Fiquei com tanto tesão que assim que ela saiu eu tranquei a porta do meu quarto, me deitei na cama e toquei uma siririca imaginando essa foda. Gozei como a muito tempo naum gozava e decidi que o práximo gozo seria dividido com minha amiguinha tesuda e meu professor safado.

No dia seguinte, tivemos uma aula com o professor Guilherme. Ele estava lá na frente dando sua aula da forma mais profissional possivel, vez ou outra olhava pra mim e sorria discretamente. Carla nos obsevava e sorria tbm,mas com um sorriso diferente,bem sacana.No meio da aula colocou um bilhete em cima do meu caderno que dizia "Falei com ele ontem mesmo. Precisava ter visto (e sentido) a euforia do nosso professor gostoso.A festa vai ser boa! Até depois da aula!". Sorri para Carla como forma de um sim.

Depois da aula Carla saiu me puxando pela mão. Pegamos o seu carro e fomos para o tal flat que Guilherme tinha. Chegamos lá e Carla foi logo tirando a chave do apartamento da bolsa. Entramos e notei que não tinha ninguém por lá. Carla me contou que Guilherme ia atrasar um pouco mas que tinha lhe dado a chave do ap para que esperassemos por ele. Era um apartamento bem amplo,com máveis modernos e uma bela vista da cidade. Pelo que Carla havia me contado, Guilherme mantinha aquele apartamento para eventualmente descansar e claro, para realizar suas festinhas sexuais.

Carla me sugeriu um banho. O dia estava quente e um banho me parecia uma boa ideia naquele momento. Ela me mandou ir primeiro,disse que tinha umas "coisas" para resolver antes e que logo em seguida apareceria por lá. Entrei debaixo da ducha quente para tentar relaxar um pouco e começei a me ensaboar bem devagar. De repente, senti alguém abrindo o boxe do banheiro,imaginei logo que fosse Carla.Mas qual não foi minha surpresa ao ver meu adorável professor de pé na minha frente, nu com o pau duro como uma rocha.Fiz menção de dizer qqr coisa mas ele colocou dois dedos sobre meus lábios e disse "Quero vc agora".Entrou no boxe e me beijou volupta e ferozmente num misto de tesão e carinho. Olhou bem para o meu corpo e disse "Exatamente como imaginava".Me fez abaixar e começar a chupar o seu pau que era não tão grande mas grosso, bem do jeito que gosto.Chupei com bastante tesão,ele empurrava minha cabeça contra seu pau e gemia alto,vez ou outra tirava da minha boca e batia com ele na minha cara dizendo "Vc gosta disso neh!?Responde olhando pra mim..."Eu olhava bem dentro dos olhos dele e respondia "Muito".Ele voltava a me segurar pelos cabelos e a fazer movimentos de vai e vem com o pau na minha boca.Em alguns momentos colocava o pau entre os meus seios e mandava mexe-los pra cima e para baixo.De repente eu começei a sentir jatos de porra na minha garganta.Nunca tinha deixado namorado algum gozar assim em mim.Confesso que na hora senti um pouco de ansia.Mas depois acabei descobrindo que gostoso era sentir aquela delicia dentro de mim.

Guilherme tão logo gozou e já se mostrou pronto para o que viria depois. Com o pau tão duro qnto antes me puxou pela mão e me levou para a cama. Me deitou de costas e abriu bem minhas pernas. Olhou pra minha bucetinha molhada de tesão e disse "Quero esse melzinho todo na minha boca".Enfiava a lingua na minha buceta massageando meu clitoris bem devagar com os dedos.Vez ou outra lambuzava os dedos com meu tesão e enfiava na minha boca.Aquilo o deixava alucinado. De repente, ele se virou para o lado e disse "Caralho,sua amiguinha é demais".Sá qndo ele disse isso é que pude notar a presença de Carla.Ela estava sentada em uma poltrona com um vibrador enorme entre as pernas bem abertas.Ver aquilo me deixou com ainda mais tesão.Guilherme notou a forma gulosa com que olhava pra Carla e fez um sinal para que ela se levantasse e se aproximasse de mim. Deu um longo beijo nela e disse "Nossa Ana parece ansiosa por sentir vc".Logo pude sentir a lingua macia da mimha amiguinha pelo meu corpo,ela chupava minha boceta alternando lambidas leves com chupadas alucinantes.

Logo,Guilherme tomou o seu posto e voltou a me torturar com sua lingua. Carla se voltou para os meus seios e para minha boca. Em determinado momento Guilherme decidiu que queria comer minha bucetinha. Mas queria que eu estivesse de quatro para poder apreciar a vista que minha bunda lhe oferecia.Confessou em meio a espasmos de prazer que sempre desejara me comer daquele jeito e que por várias vezes havia batido uma imaginando aquela cena.

Me virou de quatro e numa sá estocada enfiou tudo na minha buceta. Passou a me segurar pelos cabelos e a bombar cada vez mais forte, a cada estocada ele gmia alto me chamando de putinha gostosa.Aquilo me deixou alucinada e aí sim começei a rebolar gostoso no pau do meu querido professor.Carla observava a tudo e se masturbava com o vibrador. Pensei então, que ele fosse gozar mas ele não o fez.Tirou o pau da minha buceta e disse "Quero gozar de um jeito especial...eh hora de ver o que vc a Carlinha são capazes de fazer!".

Nesse momento,Guilherme se sentou na poltrona enquanto Carla se aproximou me mandando continuar de quatro.Começou a alisar minha bunda e a passar a lingua na minha buceta e no meu cuzinho que piscava a cada pincelada de lingua que ela dava. De repente Carla começou a dar tapas na minha bunda me mandando rebolar. E assim eu fazia me sentindo uma verdadeira puta.

Eu queria muito chupar a bucetinha de Carla, estava tão ansiosa que quando vi já tinha pedido para que ela aproximasse a buceta da minha boca. Ela sorriu e me atendeu prontamente,logo foi a vez dela rebolar na minha boquinha enqnto gemia alto e falando palavras desconexas. Nesse momento,Guiherme se aproximou e passou a observar bem de perto nossos movimentos.Tirou Carla de cima de mim e colocou seu pau durissimo na minha boca novamente.Fez com que nás duas chupassemos juntas o seu caralho gostoso.Num movimento rápido ele levantou Carla e a deitou na cama despejando num unico gozo toda a porra que saia pelo corpo dela. Rapidamente me levou para perto dela e disse no meu ouvido "Eu disse que ia gozar de um jeito especial,neh...agora eu quero que vc vá lá e limpe tudinho com essa lingua gostosa que vc tem". Fiz melhor. Esfreguei meu corpo no corpo de Carla para logo em seguida lamber tudo.Lágico,que pedi para que ela fizesse o mesmo em mim.

Essa foi a primeira de muitas outras festinhas que vieram depois. Com meu querido professor perdi o cabaço do meu cuzinho e fiz dupla penetração. Vira e mexe eu e Carlinha brincamos juntas,ela me apresentou um mundo de prazer neh!?E eu tenho que retribuir de alguma forma!! ([email protected])

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de mulheres tendo suas tetas mamadas por animais e eles metendo nelasviuva ecitada ver filho tomando banho e da pra elemae com leite no peito contos eroticosminina afuder na pixinahttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto-categoria_2_114_gays.html&ei=e8yqT8MC&lc=pt-BR&s=1&m=564&host=www.google.com.ar&f=1&gl=ar&q=Contos+Fudendo+um+hetero+com+o+cu+sujo&ts=1485672497&sig=AF9Nedkia2TWDM2T0ozn41vBE5bkl1pQLAcontos papai socou tudo no cu da filha ela se cagouconto fui abusado pelo tio da van gayconto.incesto enteadaDei a um cara que tinha elefantismo no pau contoscontos eroticos brincando pique escondemenininhometendocontos eroticos mais lidos novinhas metidarmeu pai e o amigo dele comeram minha namorada contos eróticosconto erotico comi o recepcionista da pousada na madrugada.Conto erótico me deu sonífero comeu minha bucetacontos eroticos confiei e dei o cucontos cdzinhaConto Erotico Sou Morena A Gostosona Da Favela E Dei Minha Xana Pra Um Branco Do Pau Grandeatolando pau grosso nas.vellinhascontos de novinhas q transaram com seu padrastosminha vizinha transex safada contos eroticospaizinho e filhinha contosgostosao aguenta doi pipinos no cúcontos eroticos fui estupradaamanda casamos grande cabeçudo contoscontos viciado em leitecontos incesto troca de filhascontos erticos fudi a buceta da eguaWww.contoeroticovirgem.comtraí meu marido contoscontos eroticos delicia de infancia com meus vizinhosFlagrei a minha filha engatada com um dog conto eroticoconto.eroticode.punheteiro.passo.a.ser.comedorcontos cachorro cebola zoofilisContos eróticos engravidei na primeira trepadaContos eroticos de sogroconto de lesbica fetiche estrupoconto comendo travesti bundudocontos eróticos baixinhas no sexo analcontos eroticos lutinhaContos eroticos teenscontos eroticos de cornos inocentesconto gay primos no sitioContos comendo irman dormindoporn contos eroticos casada amarrada e violentadaEu, minha sogra e meu marido-contos-incestoconto erotico gay o garotinho de 8 aninhos chupador de dedocomeu cu da coroade 30anossconto gay na ducha da nataçãocasquinha da minha - contos eroticosconto elotico mae safadasex da negahjcontos er dirigindo no colobuceta carnuda comtos de sexovirei corno do meu amante conto contopapai me comeu contodescubri q ela tinha um amante e chantagiei contosmulher entrando na chapeleta do pôneiFlagra fotos minha tia marcando a bucetacontos eroticos fodir ater perde a vondecomparando pintos contosver so vidio porno marido segurado a esposa pra o amigo pauzudo come buceta i cumae contos eroticos reaiscontos eroticosem familiaContos eroticos comeu a familia todao cu rosinha de minha neta de 9 aninhosconto gay descabacei meu empregadotransei com minha tiameu irmão me viciou em chupar pau conto gaycontos eróticos femininos de putatio carlos comeu eu e meu amigoo cu rosinha de minha neta de 9 aninhoso cu rosinha de minha neta de 9 aninhosContos eroticos Comi minhas duas amiga chapadasmulheres que estão na sua casa e trai seu marido com seu enteadoconto das mulher que fodem com cachorroscome o cu da minha irma numa aposta contoscontos de mae que chupou sua filha novinhaesposa puta do meu tio corno contoVe foto de bucta d esposa galadinha