Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESTUPRADO NA PRISÃO

Tenho 20 anos e fui preso por assalto a mão armada.

Ao ser colocado na cela, pra esperar julgamento, o policial olhou pra mim com um olhar de sacana, olhando meus músculos e meu corpo.

Fingi que não percebi. Fui colocado numa cela com mais pelo menos 30 presos. Sentei num banco da cela, e fiquei pensando em como eu tinha ido parar ali...

O policial disse que tinha que me prender na grade, mas eu não entendi bem. Quando ele apontou a arma pra mim, fiz o que ele queria. Me prendeu com os braços na grade por algemas, mas isso de uma maneira que eu ficasse de quatro, na parte baixa na grade, de bunda virada pros presos.

-Bandidão(assim que o chamarei), tá aqui teu pagamento.

E saiu. Quando dei por mim, Bandidão e mais dois caras estavam em cima de mim, e os outros olhando.

Tiraram minhas roupas e mandaram que eu ficasse bem quieto.

-Ei, que porra é essa?! - tentei livrar-me das mãos fortes deles, mas sá consegui levar um chute na barriga e um soco.

Com a barriga doendo, fiquei quieto, enquanto já sentia a cabeça do pau do Bandidão perto do meu cú.

-Agora, seu viadinho, aguenta isso aqui...- e ele enfiou tudo de uma vez, e como aquilo doeu!

Sentia meu cú arder todo por dentro, e aquele pau enorme dele pulsante dentro do meu rabo fazia doer ainda mais.

Eu gritava á cada vez que ele socava, o pau dele devia ter uns 20 cm, no mínimo... Os outros dois, que vou chamar de Cobra e Gorila, se masturbavam olhando.

De tanto que eu gritei, veio outro policial, e eu tentei pedir ajudar, mas o policial abaixou a calça e começou a se masturbar. O pau dele era maior que o do bandidão, tinha uns 24 cm... Depois, botou o pau dele pela grade e mandou eu chupar. Resisti, mas fui forçado.

Depois de uns 19 minutos assim, o Bandidão gozou dentro de mim e eu senti a porra dele escorrer pelo meu cú, quentinha... senti um certo prazer com aquilo.

O policial também gozou, na minha cara, e mandou em lamber, e eu obedeci.

Daí, vieram Cobra e Gorila me fuder também...

Fiquei naquela fudeção a noite inteira, apanhando e tomando rola no cú, revezando entre os presos, e quase cheguei á desmaiar quando veio um com um caralho enorme e grosso, que me rasgou mais do que já estava fudido.

Depois o policial até arranjou alguns "objetos" pra enfiar pra me deixar mais "calminho"...

Fiquei uns bons anos na cadeia, servindo de mulherzinha nas celas, e adorando, até que cansaram de mim e chegou um cara novinho lá... Dei até uns conselhos pra ele...

Depois que saí, quando fui tentar foder com uma prostituta, eu sá pensava naquelas rolas enormes da cadeia...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos troco na esposacontos eróticos suportando três cacetesestórias eróticas sequestrosContos eroticos-Virei pridioneira lesbicaconto erotico me vesti de mulherzinha e fui a piranha da festacontos eróticos gay putinha do papaiconto de transa com o amigo do meu paiconto erotico fui Arrombada pelo caseiro do meu sitiorelato de mulheres estupradas por coiotesde tanto insistir em ver minha mulher em cima de outro pau ...contos meu primo gordinho foi dormir comigo e comi o cuzinho delefilme pornô minha prima gravata preta para mimhomens rústicos fodendo com garoto que dorme na sua casacontos esposa loira recatadaconto gay arrombado pelo ceguinhocunhado da piroca grossa deixa sogra doidinha,contos e relatos eroticosirma tarada de shortinho conto eroticoadoro sentar contos eroticoscontos eroticos comi minha prima enquanto ela dormiacontos erótico de incesto eu novinha ano ... meu tio com 26*6cm de rola me arrombou contos eroticos de casada no hospitalcomi o a cunhadinha na minha casa sozinhos contocontos gay menino hormonio virou mulhercontos eroticos arrombando a gordaestuprei minha mae alcoólatra e casada contos eroticosconto pukecontoseroticospedreirocontos ta doendo papaiconto mwtendo com filha de amigofiz o cu rosa da minha mae de buceta com ela dormindocontos corno do prediopornô mobili com coroa e vamos até gozarcontos de sexo travesti dominadoracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentexvideo pornozinho inpinadinha onlineFlagrei minha esposa dando para o ginecologistadei pro cara da vendinha contos eróticoscontos eroticos com vizinhas madurasContos eroticos travestis bhcontos erotico dei gostoso no buzaodei de perna abertaliliane sabe quero seu cuaposta vestido de mulher contona quarta feira de cinzas contos de sexoconto erotico gay chupando tio bebadoitaliana trepando italiana trígono novinha n****** italiana novinha trepandocontos eróticos gay Proibidos - Desde Cedo no meu maninhovidio porno enchada qualculadacontos eroticos esposa gostosa falando palavraocontos eróticos sequestrocontos eroticos,eu e minha maniia de mini saiacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos Patrick amiga comeucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico gay chupando tio bebadoconto.eroticode.punheteiro.passo.a.ser.comedorhistoria erotica 2018 nobinho que mulher casadacontos comendo a bucetinha da titiaPorno conto a sindica olhando minha picaConto erotica de mulher fuder a cagarcasa erótica no ônibus cheiopapai me ensinou a ser putinha desde de novinhavoyeur de esposa conto eroticoninfetas lésbicas beijando o peitoral dos travestisconto erotico gay chupando tio bebadocontos erotico com mendigocontos betinha vendo a irma sendo fodidacontos mae segura filha para homem comer na marraconto porno sadomasoquismo gaycumi a mae do amigo beuda contocontossexo minha mulher negro pausudocontos eróticos garota da escolacada dos contos gays- sexta do chaveirocontos eroticos minha esposa molhadinha so de imaginar um negro grande comendo elacontos duas pica no cuconto erotico de tanto eu insistir em engravidei a minha professora eu era um meninocontos eroticos comi.minha cunhada espertacontos erótico mestiça gostosacomentário de. mulher que ja a buceta pro donzelochantageada e submetida contos eroticoscontos lesbico eu a mulher do traficante