Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INICIANDO VIDA SEXUAL COM MINHA TIA

Olá pessoal, tenho algumas histárias para contar, mas acho uma boa histária, a minha iniciação no sexo, já para que saibam de onde veio minhas loucuras atrás de sexo.

Desde que eu tinha uns 19 anos, quando comcei a ficar excitado por tudo, olhava pra minha tia com um jeito diferente. Minha tia era muito nova, tinha em torno de 25 anos, era muito gostosa. Quando ela lia revistas deitada no sofá, era a momento em que me deleitava com seus peitos simplesmente na medida, não eram pequenos nem muito grandes, eram perfeitos, depois eu soube que caberia certinho em minha mão. Sua bunda era também muita vantajosa, além do que, andava direto com aquelas calcinhas atochadas e minúsculas. Mas isso não é o melhor de tudo, além de linda, ela tinha uma fama na família de ser sedenta por sexo, simplesmente louca, alucinada por foder,tanto que teve um filho muitissimo cedo, o que me deixava vijando nas minhas fantasias.

Indo direto ao ao que aconteceu, quando eu já tinha uns 19 anos, cheirava direto suas calcinhas quando ia na casa dela, era uma loucura, tomava banho todo dia depois dela, até que um dia acho que comçou a desconfiar e levar a calcinha pra lavanderia. Eu ficava brincando o dia todo com meu primo mas esperando chegar a hora dela tomar banho. Até que um dia as calcinhas voltaram a aparecer, eu como menino,não desconfiei de nada, continui batendo minha punheta. Sá que um dia apareceu uma oportunidade de ouro, foi aí que tudo começou.

Minha tia é solteira, e sá tinha na casa, eu meu primo e ela, mas um dia meu primo pediu pra durmimos no quarto dela, sá q meu primo acabou adormecendo no colchão que estava no chão, apenas me restando dormir na cama com ela. Deitamos, ela com aquele baby doll muito sexy, sendo desenhado pelo seu corpo, uma delícia, era muito curto e deixava a pontinha de sua bunda empinada aparecer,me deixando com muito tesão. Ela começou a durmir e virou seu cu para a minha pica, eu fiquei aguniado com aquela dúvia: Pego nesse bundão gostoso? Mas meu primo está ali. Sá que comecei a pensar somente com a cabeça debaixo, comcei a passar a mão de leve na sua bunda, ela se arrepiava, eu passava a mão de novo e sentia seus pelinhos se ourissarem, parecendo estar com frio. Até o momento em que enlouqueci de tanto tesão e apertei de leve a bunda dela, e ela meio que acordou assustada e eu fingi estar durmindo.

Quando ela voltou a durmir Meu pau ficou durríssimo, e acho que ela ainda chegou a perceber, foi ai que tive a idéia de me encostar nela, me roçar mesmo. Fui me chegando ajeitei meu pau pra ela sentir com um todo, até que dei uma encoxada nela, sá que dessa vez ela não reagiu bruscamente, comecei um roça roça, como se fosse um sabãozinho na bunda, muito gostoso. Acho que como estava solteira, ela já devia estar necessitando de pica. A partir dali, ela começou a rebolar e se apaertar mais no meu pau. Foi aí que coloquei o meu pai pra fora e no roça roça acabei gozando e durmindo com o pau melado pra fora.

No outro dia meu pau estava pra dentro do short e acama estava limpa, fiquei desconfiado mas fiquei na minha e fui pra casa. Depois de uns 3 meses minha tia acabou precisando durmir na minha casa. Ela ficou para durmir na sala ao lado do meu quarto, enquanto meus pais estavam no quarto como de sempre. Foi ai que me lembrei do ocorrido e não sai da sala, fiquei assistindo televisão com ela, até que comçou a rolar um papo de sexo na TV, ela decidiu se deitar no meu colo e desabotoar seu mini-short. Eu tinha umas visão surpreendente daqueles peitos lindos e gostosos. Aquele decote era muito gostoso, e ainda dava pra ver o início da calcinha dela, isso começou a me deixar excitado, muito mesmo. Meu pau começou a endurecer, e ela acabou sentindo pois estava com a cabeça apoiada no meu colo, ou seja, minha pica estava apontando para acabeça dela, e cada vez mais ia pressionando a cabeça dela. Ela de repente abriu o ziper todo do short e deivou a calcinha mini dela quase que toda a mostra. Não guentei de vergonha por causa de minha pica bombamdo na cabeça dela e fui ao banheiro e comcei a bater uma punheta de porta aberta mesmo na pia, de repente ela chega do escuro e do nada e fala: Não vai deixar nadinha desse fogo pra mim não é? Fiquei totalmente sem saber o fazer, com meu pau na mão. Foi aí que ela teve a iniciativa e pegou no meu pau, tocando uma punheta muito jeitosa, de profissional. Me trousse pela pica pra sala dizendo : Eu sei que você sente o maior tesão em mim, vocÊ acha que eu não percebo não é?

Quando fui falar alguma coisa, senti aquela sensação alucinante de uma boca no meu pau, começando dando umas lambidinhas e depois tentando engolir todo, querendo fazer sumir meu pau na sua boca, sentindo a garganta dela toda. Ela não se cansava de chupar e dizia bem meio que engasgada: Olha pra mim enquanto eu tiver chupando sua pica!!

- Vou te ensinar a fuder!

Eu nem conseguia dizer nada, apenas me deliciava com aquela sensação nova e muito, muito gostosa.

A partir daí ela que comandou tudo. Me jogou no sofá tirou a roupa e veio por cima e sentou de vez quase que rasgando de vez ela, fazendo soltar auqles gemidinhos( fiquei com medo de acordar meus pais), ela comçou a subir e descer bem devagarzinho, e foi acelerando, acelerando, até que parecia que queria torar minha pica. Ela gemia demais, aqueles sussurros, que me deixavam com muito mais tesão. Eu sá dizia, tia vai devagar que eu vou gozar.

El saiu de cima de mim e finalmente me disse: Vou te ensinar a fazer uma espanhola numa peituda como eu. Dito e certo, ela se deitou e eu fiquei por cima dela, coloquei minha pica no meio dos peitos dela, que fechou na minha pica e começou um sobe e desce com os melões e ainda com a ponta da lingua topava na minha pica, finalmente estava realizando meu desejo. Ela apertava minha pica, num vai e vem que me deixava pra gozar, Ela parou e disse, agora você vai me foder de verdade, tirar seu cab~ço de verdade, mecoma de quatro, agora tem que ser com força, muita força. Foi o que eu fiz, coloquei ela de quatro e comcei a fuder com força. No início meio que sem jeito, mas depois comcei a bombar muito forte, e a vadia ainda pedia com mais força, e mais rápido. FODE!!! COM FORÇAAAAA!!! COM FORÇA PORRAA!!!... VAI!! VAII!! AI AI!....FORÇA!!! TO GOZANDO!!!!!! NÃO PARA! ME ARROMBA!!... AAAAAAAHHHHH.....AAAAAHHHHHH...AAAAAAAHHHHHH.....GOZA!!!.....GOOZZZAAAA QUE EU TO GOZANDO!!!!!,,,AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!

Eu que era praticamente um coelho, quando ouvi aquelas palavras comecei a sentir um tesão fora do comum e avisei que ia gozar. Ela se virou e disse: GOZA NESSES PEITOS QUE VPCÊ TANTO GOSTA!!!! ME DÁ SEU PRIMEIRO LEITIN....!! Sá lembro de ter escutado até ai, comcei a gozar muito forte, na hora não pensava em nada, apenas no prazerque estava sentindo e que era tão intenso.

Depois do ocorrido, minha tia foi tomar um banho, depois foi minha vez de tomar banho, e no outro dia acordamos como nada estivesse acontecido.

Ainda bem que meus pais não desconfiram, pelo menos eu acho.

Com o passar do tempo eu acabei perdendo o contato com ela, e consequentemente a foda não se repetiu. Infelizmente foi assim, mas até hoje sou grato por ela ter me iniciado de um jeito tão louco, fazer sexo com minha tia acabou me deixando sem vergonha e acabando por cometer várias locuras gostosas do sexo,inclusive com outra tia( eu sou louco por minhas tias, não sei que porra é essa não) que em outros contos relatarei.



Obrigado Por Ler

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto eroticos meu sobrinho viu minha bucetacomtos bdsmfiquei excitada e dei para um mendigocontos erotico meu namorado me estrupou ai ai no cu naocontos eroticos arrombando a gordaconto comendo a mulher casadacontos verdadeiro aventura das melheres com mendigos roludosvidios pornumulhe melansiacontos eroticos colega da faculdadecontos eroticos irmas gemeas e padastrocalcinhas usadas da minha tia,safada contoscontos eroticos submissa chantagem casadasConto erotico soquei piroca na mulata casadaContos eróticos à força de negros brutospornô com cavalos mangalarga fazendo com mulheres no cavaletecontos encostando a buceta no ombro contos eróticos sexo com menininhas traduzidoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos primeira ves da minha namorada com um cavalocontos eroticos japonesa casadaconto erotico gay chupando tio bebadocontos mulher filho norahetero perdendo as pregas contocontos eroticos com garatas que transarão pela primeira vez e se realisaram muitoconto eroticos de academiadei com muito amor conto separacaocontos eróticos de upskirt em escoteiraminha mulher deixou a calcinha suja de porra no banheiro contos eroticoscontos eroticos vi o pauzao do meu sobrinhoConto erotico cuidando de minha enteada1encesto contos de irmanzinja virgemmeu marido me obrigou a fazer doggingContos Eróticos De A Mãe Do Meu Amigocontos eroticos arrombando a gordaContos eroticos gang bangmulher gozando a um metro de distansia e mijandocontos eróticos de padrasto comendo enteada ainda bem pequenacontos eroticos perdi meu cabaçoMinha filha queria que eu dese a buceta pro na moradinho novo dela pra ela ver se eu aguentava 23 cm de rolacontos abusadocorno lerdo contoscontos gay enteadocontos vizinha dona de casa tetuda caidacontos bebe safadacontos eroticos incesto carro lotadoCachorros socando a engatando em mulheres novinha conto de zofiliameu lobo gostosoConto eu e meu marido bebemos muita porra fresquinhaMinha esposa saiu de shortinho socado no rabo contosconto erotico pastor deseja novinha de pieitos gostos e fartosporn contos eroticos casada escravizadacada dos contos gays- sexta do chaveirocontos eróticos de gays novinhos bonitos loiras namorado com muitos beijos namamei no peito da minha primacontos minha mae liberalai amor que delicia isso vai gostosa mete vai contosconto arrombando a sobrinha novinhacontos eróticos seduzir meu filhocontos eroticos pedreiro do pau grandecontos amiga e esposa brincando com o pau do maridocasa do conto meu irmao me encoxouEperiencia zoofilia beijo babadoViadinho Loirinho e O Negão Pedreiro Contos Eroticoscontos eroticos marido bebadoconto de sexo comi o cu da minha mae quando meu pai saiucontos eroticos casada gosta de negro pauzudoContos eroticoa transei cm um aduto na infanciaa m*********** para um homem ela olhando para outra rola outro batendo solacontos. negra sequestrada e estupradacontos eroticos de bala halls