Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEXO GAY COM GOSTINHO DE QUERO MAIS

Essa estária é verídica.

Na época eu tinha 19 anos, meu vizinho Alex tinha 12. Costumávamos brincar em um terreno baldio em DiademaSP, com uma pequena casa abandonada nos fundos, sempre depois do almoço estávamos lá as vezes com outros garotos, as vezes sá nois dois, ficavamos jogando futebol de botão, bola de gude, contando estárias etç...

Alex levou seu primo recém chegado da Bahia, (Fernando) acho que ele tinha uns 19 ou 19 anos e ele sempre brincava com a gente de uma forma "corpo-a-corpo", no começo eu achava ruim e saía de perto mas Alex gostava e ficava me chamando. Um dia Fernando levou uma revista pornô e chamou a gente pra olhar. Me lembro até hoje aquelas cenas de sexo explícito e por curiosidade nem piscava os olhos. Fernando fazia de tudo pra gente perceber que ele tava de pinto duro.

Acabamos pegando intimidade com Fernando e todo o dia era a mesma coisa, íamos na casa abandonada pra ver revista pornô e ver qual o pinto que ficava duro primeiro.

Certo dia Alex me contou que quando estava dormindo, no mesmo quarto que seu primo ele sentiu algo em sua perna e quando se virou assustado percebeu que era a mão do Fernando. Nessa mesma noite, já sem sono, Fernando perguntou se Alex sabia bater punheta e se já conseguia gozar. Alex disse que sim (mas na verdade não sabia nada) e virou-se na cama, fingindo dormir e por um pequeno buraco no cobertor viu o Fernando se masturbando e gozando na prápria barriga.

No dia seguinte, já na casa abandonada, Fernando levou uma revista gay. Na hora eu achei desprezível mas ele falava que já tinha feito tudo aquilo lá na Bahia e era muito gostoso. Nesse momento Alex disse que tinha visto ele bater punheta na noite passada e Fernando começou a rir, depois ele tirou o pinto pra fora (já duro), começou a se masturbar e perguntou: era assim que eu fazia? Confesso a voceis que, naquela idade, nunca tinha visto um pinto tão cabeçudo.

Fernando falava pra gente pegar pra ver como tava duro. Alex pegou primeiro, depois eu peguei (usei sá dois dedos) e tava duro mesmo! Naquela altura todo mundo tava de pinto duro e Fernando masturbou Alex e depois me masturbou (foi a minha primeira punheta). Na noite de Natal, podíamos ficar até de noite na rua e, como de costume, fomos pra casa abandonada. Fernando logo perguntou se a gente tinha gostado do que ele havia ensinado....a resposta não podia ser outra....dissemos que sim, então ele falou que tinha uma coisa mais gostosa ainda e se a gente queria aprender...novamente dissemos sim.....aí ele falou que pra poder dar certo e ficar bem gostoso a gente tinha que fazer tudo que ele mandasse...o que foi aceito.

Ele me escolheu. Pediu que eu chupasse o pinto dele, olhei para o Alex que com a cabeça fazia sinal de sim. Agachei e coloquei aquele pinto cabeçudo na boca e rapidamente tirei. Fernando falou: Faz de novo! Com mais calma, deixa ele na boca e chupa como se fosse um pirulito. Fiz tudo certinho, o pinto “inchava” dentro da minha boca e era muito quente...

Aí ele pediu que o Alex ficasse na porta pra ver se alguém chegava, falou pra mim abaixar a calça e ficar de quatro, na hora lembrei das cenas da revista pornô e com muito medo eu perguntei se doía e ele me falou que não. Passou margarina na minha bunda e começou a empurrar o dedo, que foi entrando aos poucos, mesmo eu apertando a bunda aquele dedo com margarina escorregava e entrava bem de vagar...entrava um pouquinho e quando eu reclamava ele tirava, depois colocava de novo mais um pouquinho.. e ia colocando....e colocando...até que chegou uma hora que ele pôs o dedo inteiro e eu não senti dor...até soltei mais a minha “rodela” pois ele estava mexendo em algo lá dentro que deixou meu pinto tão duro que parecia que ia explodir de tesão. Tive vontade de fazer cocô, fiz num canto lá mesmo, me limpei e voltei com a “rodela” mais laciada ainda. Aí ele colocou dois dedos, sentia uma mistura de dor com desejo, sei lá, ao mesmo tempo que Fernando punha os dedos na minha bunda ele mexia no meu pinto e eu gozava sem parar.....

Meu cu ficou tão “mole” que eu queria apertar a rodela e ela não tinha mais força e quando Fernando percebeu isso ele se posicionou atrás de mim e foi empurrando aquele pinto cabeçudo na minha rodela.....sentia ela dilatando aos poucos...e aquele pinto quente escorregando pra dentro de mim. Eu apertava o cu mas parecia que não adiantava nada, aquele pinto estava muito duro, forçando e entrando...... Pedi pra ele parar umas três vezes. Ele parava, passava mais margarina e tentava de novo, até que uma hora, relaxei um pouquinho mais e quando a cabeça daquele pinto escorregou pra dentro da minha bunda o resto do pinto entrou duma vez! Aff! Senti uma sensação de inchaço dentro da bunda e ele me pedia calma....vai ficar gostoso.

Lembro que ele deu umas 19 bombadas, bem devagar e bem fundo... tirava e colocava.....pedia pra eu rebolar mas eu não conseguia, não conseguia nem me mexer....quando ele enfiava tudo eu sentia aqueles pêlos grossos ao redor do meu cu e aquela respiração forte na minha nuca.... aí ele gozou dentro da minha bunda. Na hora senti até um enjôo. Depois fiquei com medo porque quando ele tirou o pinto saiu uma mistura de porra, sangue e fezes, meu cu ficou aberto, não tinha força pra fechar. O Alex viu aquilo e desistiu. Levei vários dias pra me recuperar, meu cu ficava minando água e eu tinha que trocar de cueca três vezes por dia, fiquei com vergonha até do Alex.

Juramos manter segredo eterno....

Essa foi a minha primeira experiência homossexual!

Depois de um tempo percebi que fiquei psicologicamente abalado e passei a usar calcinhas, me vestir como mulher, transar com travestis e com garotos. Mas isso é uma outra estária que contarei depois.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


bronzeamento com a amiga greluda contoContos eroticos esposa maduracontos cara comeu minha mulher devaga pra mim nao ver contosContos eroticos minha sogra me chantageou oara comelaconto erotico lésbicas roçando.a buceta na caracontos. chupou pela primeira vez um machoconto erotico comendo minha sogra minha dobrinha pegou no fragarelatos eroticos minha sobrinha Joanaputaria em familia contosrelatos eróticos gay meu cuzinho era a alegria de todos da rua até adultosconto erotico gay chupando tio bebadoconto erotico transex se produzindo para encontrocontos velho tarado e meninasminha mulher e o velho bem dotado contos erotcos com fotoscontoseroticos ritinhaContos erotico brincando com meninasgordinho do rabao contos eróticosChiquinho chupando pintolavar xoxotinha contocontos erotico lesbico a namorada do meu primo e bicontos eroticos o dia que o pasteleiro mim comeupor causa do meu dog fiquei viciada em zoofiliaContos eróticos legContos eroticos dei pro leke magrelo chamado Ricardoconto dopei minha sogra pra meterdei o cu chupando o cu da mamãe contos de incestossubi a saia da e comi minha empregada vadiaconto erótico comi minha cunhada Adrianameu pai e meus tios fez eu fazer um delicioso gamg bamg costos eroticosflagras de fodas em no parque da cidadeporno ex-namorada baixinha olhos claros da cintura da bundona gostosaPeituda negra casada camisinhaela quer dotadoContoseroticoscasadaconto d gang bang transex maeagarota da buceta grande cetado nado negãocontos eroticos de comendo a galeguinha crente contos eroticos arrombando a gordaconto erótico primeira vez zoofolia com dorconto gay comi meu pai no carnavalcontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos de pretinhas gostosas da baixada fluminensecontos erotikos comendo o cu da minha madrinhacontos eroticos stresscontos de coroa com novinhocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos infancia podolatriacontos erotico viagem trans com gayContos eróticos tias e sobrinhoscontos eróticos mae e filho na praiacontos de sexo com viuvacontos eroticos comi minha irman de 06anosvelhosgayvideocontos eróticos de mini saiacontoa minha namorada num cine pornoai que cona boa contoshttp://contos erodicos de irmao e prima trasandominha namorada exibicionista contos eroticoscontos eróticos pular pulacontos eroticos paus gigantesxxvideo bucetinha escorrendo seivao lubrificante feminino é melado e pegajosocontos eroticos suruba biconto erotico raquel morena deliciosaContos eroticos crentecontos eroticos.sou crente e fui chantageada e tive que darcontos a filha da minha namoradacontos heroticos de mulheres de manausmeu marido comeu nossa filhacache:A_ULZ8FKkSgJ:okinawa-ufa.ru/home.php contos eróticos comendofodendo amiga bebada contoo cu rosinha de minha neta de 9 aninhoswww.eu aronbei minha sobrinha de doze anos de idadecontoseroticos paguei para comer minha sogra