Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CASADINHA DE BRASÍLIA

Lamentavelmente, não tenho tido, nos últimos tempos, ocasião para compartir com Vocês algumas de minhas deliciosas aventuras eráticas. Mas, consegui encontrar um tempo agora.

Pelos meus relatos abaixo podem ter uma idéia de como sou. Chamo-me Paulo, tenho 43 anos, casado, super jovial e esportivo, o que me faz estar em átima forma física. Durante os últimos 4 anos vivi uma relação deliciosa, erática, apaixonada e totalmente depravada com uma super gata de Brasília, casada também, moradora do Lago Sul. Irei aqui chamá-la de Márcia.

Com 33 anos, Márcia é uma mulher simplesmente deliciosa, super malhada de academia, profissional super competente, inteligente, super agradável, de muito bom nível social e cultural, enfim um charme e um tesão de mulher. Morena, cabelos lindos, rostinho de menina e um corpo simplesmente fantástico. O que mais me encantava, porém, era sua bunda, deliciosa, bem durinha, sempre protegida por uma microcalcinha.

Nos conhecemos na academia de ginástica, uma super famosa, quando eu estava morando em Brasília. Nossas conversas eram animadas e percebemos claramente que tínhamos inúmeras afinidades. Daí para o primeiro beijo foi apenas um passo. Passamos a nos encontrar diversas vezes mas, ela tinha medo. Brasília é pequena e muitos se conhecem. Era natural que ela tivesse medos e angústias. Eu também tinha que ter cuidados, pois afinal também era casado.

Por razões de trabalho, tive que voltar a morar no Rio. Mas, não queria perder a Márcia. Nem tínhamos transado mas tinha certeza de que entre nás existia uma química única e fantástica.

Passei, então, a buscar oportunidades em meu trabalho para ir à Brasília. Foi assim que tudo começou.

Nossas trepadas eram absolutamente fantásticas. Nunca tinha vivido uma relação tão intensa e apaixonada. A Márcia tinha muita curiosidade em como seria dar a bundinha, o que me deixava absolutamente louco e alucinado, pois amo, sou simplesmente louco por sexo anal. Para minha imensa surpresa, ela me disse que o marido dela jamais tinha tentado comer sua bundinha.

Nossas brincadeiras eram deliciosas. Ela desfilava para mim, se exibia toda, abria bem a bundinha, arregaçava a bucetinha e a esfregava em meu rosto. Eu a lambia toda, colocava minha língua lá dentro, bem no fundo mesmo. Ela gemia, dizia que era minha puta tarada, depravada. Com muito cuidado e muito lubrificante mostrei a ela como sexo anal poderia ser delicioso. Ela simplesmente delirou. Ficou viciada em dar o cuzinho, em todas as posições possíveis e imagináveis, e sempre queria mais e mais. A deixei totalmente arrombada e ela adorava me mostrar seu cuzinho bem aberto.

Comprei para ela vibradores e um plug anal. A deixava de quatro na cama e colocava um vibrador em sua bucetinha e outro, bem mais grosso, em seu cuzinho. Ela gozava como uma puta com os dois vibradores imensos. Rebolava, gritava, me xingava. Me dizia que se fosse minha mulher iria me fazer de corninho em nossas viagens de férias, o que me deixava ainda mais excitado e me fazia gozar fortemente. Era delicioso comer o cú dela com um vibrador enfiado em sua buceta.

Adorava também colocar luvas de látex em minhas mãos para ir abrindo bem sua bucetinha e seu cuzinho. Conseguia colocar meus cinco dedos inteiros bem lá dentro, de tão arrombada que ela estava. Ela me dizia que eu tinha liberado a puta que existia nela, algo que ela não sabia que existia pois seu marido sempre foi super conservador com ela na cama.

Comprava para ela também roupinhas de putinha, como microsaias, shortinhos mínimos, tamanquinhos. Ela delirava e fazia um super desfile para mim. Como ela mesma dizia, ela era minha putinha chique e sofisticada. Amo mulheres assim.

Enfim, vivemos uma relação deliciosa e totalmente depravada. Por morarmos em cidades diferentes, nossa relação pôde durar graças aos nossos diversos e-mails e telefonemas.

Por razões várias, sobretudo porque não consegui voltar a morar em Brasília e porque seu marido começou a desconfiar ela se afastou de uma forma inesperada, o que me deixou muito triste e chateado. Conseguimos voltar a conversar pessoalmente, mas ela está ainda assustada com as desconfianças de seu marido, o que entendo perfeitamente. Nossa relação hoje em dia está bem mais distante, o que é uma pena.

Mas, a vida continua. Estarei em Brasília, por razões de trabalho, durante todo o mês de outubro, e adoraria encontrar uma super gata, muito gostosa, comprometida ou não, ousada, super discreta e de átimo nível social e cultural para curtir momentos deliciosos e bem sacanas. Discrição é fundamental. Eis meu e-mail: [email protected] .







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


comi minha tia na roça com meu tio e primos na charrete contos eroticosArromba essa puta soca essa rola na minha buceta me fode contoscontos eroticos pensa nun padrecontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos mulher e cunhada jogoquase matei amiga da minha mae contosconts erotics lesbisco mamae e filinhachupando igual pirulito - contos eroticospesquisar saístes da putaria lésbicas como fazer sexo com uma menina virgem e quebrar seu cabassocontos de gay gozando pelo cu aronbado por varios machosme arrombaram contos eróticoscontos eróticos eu e minha a esposa no chacara nudistagozou dentro da xota ada cunhada sem quererContos eroticos elacareca peladacontos eróticos com fotos de menininhas sentadas no colofiquei olhando o travesti encoxando meu marido no onibuscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteecontrei um pirocafotos fotografica de meninas perdendo vigindade pela primeira pro visinho no quintal de casa....surrubaconto iroticos comedo minha entiada novinhaconto erotico segredos insanos de mae e filhoconto gay titio gaycontos eroticos arrombando a gordaContos eroticos engravideimeus aluno roludo contosconto de tara anal na surubacontos eu meu marido e biContos euroticos amiguimha novinha da minha filha.cu gulosocontos eróticos na fazenda com cavalgadas e paufilha esposa de papai pintudo contosmuie pega a manguera do amigo do cornaoahora que paugozacintos eroticos linguadaContos travestus fudendocontos de incesto pais deflorando filhasSou agora casada com meu ex primo viuvo conto eroticocavalonas de casa disse apertadacontos eroticos comi minha prima no rodeioconto erotico acordei com uma chupadagarotinhas da bunda grandeA gorda bebada caida eu enfiei tudo contocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosloira louca por pau gg contoscontos di mulheris que ralaram pela primeira vezcontos eroticos macho caralhudoesposa crente relatando contos troca casais pornocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentexvideos de sexo com maldadescom as mulheres chupandocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos já nasci putinhao cu rosinha de minha neta de 9 aninhoscontos o mendigo dotadodoisbombeiro sarado trazandohistorias eróticas menininha sapecaconto ertico lambendo buceta ela gem mtoacoxano as mulher nu onibuconto erotico gay chupando tio bebadoenrabada pelo meu filho especialconto clube de amamentacao de adultosminha amiga me vestiu de mulhercontos eróticos com fantasia pervertidaver mulher gazando bem gostozinhocontos etoticos meu marido faz eu dar para trasseContos eroticos gang bangfilho fudendo sua mãe na freeti de seu paicontos eroticos eu e minha mãe temos uma relação sadomasoquistavideo de morena clara casada traindo com um bem dotado acima de 22 cmmeu subrinho enfiou o dedo no meu cu contoRelatos eroticos de professoras casadas brancas que foram usadas por alunos negroscontos eróticos dando pros pedreiroschefinhas safadinhascontos eroticos surubascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos duas pica no cuconto transei com melhor amigo de meu filhobotei nu cu da mi.comha mulhecontos de fuder avócontos perdi minha virgindade com 25 anoscontos eroticos gay: se tu deixar eu não conto pra ninguemContos pornos incesto tia