Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMO DO INTERIOR

Meu primo do interior

Tudo começou quando eu tinha uns dez pra onze anos de idade, meu primo veio passar uns dias na minha casa na época em que meu pai estava aumentando a casa onde morávamos com uma construção da parte de cima onde seria feito os nossos quartos, meu primo tinha uns quinze anos bem mai velho e mais safado. Ele passou muitos dias trabalhando com o meu pai e eu sempre ali em volta deles sempre admirando o meu primo mais velho. Eu ficava em casa com ele quando meu pai e minha mãe saiam. Minha mãe trabalhava o dia todo fora e meu pai trabalhava como trabalhador autônomo nessa época estava trabalhando em casa mesmo. Quando meu pai precisava comprar alguma coisa na rua ou às vezes ia resolver algum negácio eu ficava em casa com meu primo e ele aproveitava para fazer algumas brincadeiras comigo. A que eu mais gostava era ficar sentado no colo dele mais ficou mais interessante mesmo foi quando eu comecei a perceber alguma coisa encostada na minha bunda. E daí desse dia em diante eu não aguentava passar um dia sem sentar em cima daquele cacete mesmo dentro da sua cueca eu adorava aquela sensação e algo duro encostado na minha bunda. Não demorou muito e meu primo começou a me estimular viver, novas emoções passou bastante saliva no meu cuzinho e me mandou colocar seu dedo indicador na boca para o dedo ficar bem molhado e começou a enfiar o dedo no meu cuzinho virgem eu achava o Maximo sentir aquela sensação gostosa do dedo dele, que não era grosso entrando e saindo devagar. No dia seguinte eu não estava mais aguentado mais esperar pela hora do dedo entrar quando ele me falou: que seria diferente passou bastante saliva no meu ânus e colocou um sentou-se na cadeira e como ele era mais forte do que eu pegou-me no colo e me colocou bem no rumo daquela pica grande devia ter uns 19 cm quando sentei naquela enorme pica senti um encaixe perfeito, não me lembro ter sentido dor sá me lembro que foi muito bom estar sentado em cima daquela pica enorme. Passava o tempo todo que o meu pai estava na rua sentado naquela pica grande pra minha idade. Quando anoitecia a minha mãe dormia na casa da minha tia com meu irmão mais novo com cinco anos e eu dormia na casa em construção com meu pai e meu primo. Meu pai trabalhava tanto que quando dormia nem percebia o que acontecia debaixo do cobertor ali do seu lado. Eu dormia na cama junto com ele e meu primo. Quando percebia que ele já havia dormido eu e o primo começava a putaria, descia o meu short e pegava na sua pica para ela endurecer quando ela já estava no ponto de bala eu pegava saliva com a ponta dos dedos e molhava bem a entradinha e logo depois também molhava aquela pica e ai deitadinho de lado levei uma estocada e sentia aquela pica entrar arrombando o meu cuzinho, quase não consegui segurar a dor mais fui forte aguentando aquela pica forçando as minhas pregas na hora meu cuzinho tava parecendo um pisca alerta piscando, mordendo aquela pica dentro de mim, ficou ali parado a dor foi sumindo e não vi quando aconteceu foi como um sonífero eu dormi com aquela pica enorme enterrada no meu cuzinho que tava arrombado. Passamos varias semanas assim. Meu primo sempre colocava a pica dentro de mim e não a movimentava. Uma semana antes de ele viajar para casa dele que era no interior ai sim as coisas começaram a esquentar, logo que meu pai saiu meu primo me chamou e colocou o pau para fora e mais que imediatamente, mas ele falou que eu teria que fazer outra coisa e me mandou ficar de frente para ele e me mandou fechar os olhos e colocou aquela vara na minha boca e falou comigo que não podia morder e sim chupar e então perguntei para ele como eu iria chupar aquela pica tão grande se ela mal cabia dentro da minha boca e ele falou pra eu tirar e colocar dentro da minha boca sem abrir demais a boca, assim eu o fiz. No começou foi meio contra gosto, mas com o passar do tempo eu fui gostando daquela sensação que mais preferia chupar a pica dele, ao que dar o meu cuzinho ainda mais quando ele enchia a minha boca cheia de leitinho um pouco salgado, mas muito gostoso. De dia eu chupava e de noite eu era comido. No ultimo dia que meu primo me comeu foi o mais dolorido e o dia mais inesquecível. Meu primo me levou La pro banheiro e eu entrei primeiro, ele mandou-me descer o short e então me colocou de quatro com as mãos encostadas na tampa do vaso passou sabonete no meu cuzinho e lambuzou bastante sua pica colocou-a bem na portinha e deu uma estocada sá. Foi lá no fundo, pegou não sei aonde dentro de mim, que doeu muito parecia que eu ia morrer tentei correr e ele segurou-me pela cintura e ainda mesmo com a minha relutância para ele parar continuou a me estocar com força, depois disso fiquei muitos dias com a entradinha do meu cuzinho doendo e com medo de dar de novo ele mais tarde queria me comer de novo, mas fiquei um bom tempo sem dar e passei a somente chupar, até o dia em que o meu vizinho passou a mão em mim. Essa é outra historia

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos pornos comi sogra mamae tia irma onibus lotadocasa dos contos eróticos sequestro com estrupotios e padrastos contos eróticos verídicoscontos eroticos paus gigantesalisando o cunhado caralhudo ,contos e relatos eroticoscontos eroticos com idosasgay de zorbinha enfiado no regosubmissa e corna contoscontos sarro gostoso com meu genroconto erotico gay filinhovvidos de muler co casoro. fudemocontos minha esposa pediu para levar o amigocontoeroticoorgiabunda redonda contosconto esposa serracontos eroticos maninha safadinhasazscontos gay bebado paiContos comi minha nora micheleEu e o meu sobrinho taradocontos eroticos incestos rapidinhaconto das mulher que fodem com cachorrosfazendo a farra no cu da esposa em casa contomeu cu agora so de papai e mamae sabe contos gayContoscomendoseguascontos eroticos com vovoesposa puta do meu tio corno contocu de bebado não tem dono contos eróticos gaysem piedade nem caridade no cu da putinhacontos com fotos flagrei meu marido com a viúva do vizinhocuzinho peidao contos.cornoquero uma menina cabelos longos escuros deitada na piscinacontos reais seduzindo com roupa o cunhadocontos eroticos filha e pai menage bicontos três travestis deixaram minha mulher bêbada e arrombaram acontos minha tia humilhando meu tiominha sogra nina de 55 anos contos eroticosrelatos de cornos meu tio Rui comeu minha espisaLiberadas contosrelato erotico tirando o cabacinho da minha sobrinha negra novinhafui estrupada na frente do marido contosSou casada meu marido viajou e meu vizinho me fodeuContos eroticos gays pai dotado do amigomeu cachorro taradocontos eróticos com mulheres da ccbEperiencia zoofilia beijo babadosite onde posso encontrar contos eróticos com retrato porno contos eroticos engoli a porra do papaicomendo cusinho da baba da minha.sobrinhachaves comendo o cu de chiquinha no banheirorelatos veriducos de mulheres casadas que deram o cu pra outros homens na frente de seus maridosconto gay sou macho me encoxaramcontos eroticos mamandoConto de puta esporrada por muitos machos no barconto erotucos eu esoosa e familia nusDeixando a novinha laceadamulher negra goza gosma pornoconto erótico velho fode viadinhoMeu marido fez eu meter com cao da rua e o pedintecontos de sexo com viuvacasada e velho contosConto so caminhoneiro dei carona uma freira loiramae entra no quarto de filho sem calcinhaconto de irma adotiva safadacontos meu marido ajudou amigo dele me comerconto pau grosso buceta apertada xxxcontos gay o irmao mais velho do meu amigo me comia diretoContos cm o vizinhoconto erotico minha sogra flagou eu de calcinhamalandrao dando o cuzinho pra boy malhado contoconto porno com o tiocrente velha chantageada contos eróticos comhendo ass evangelicas contos eroticosacampamento com as aluninhas – parte 2 conto erotico