Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INOCENTES - AMOR DE MENINO

Sábado é realmente um dia perfeito para jogar bola, brincar, assistir tv, jogar video game ainda mais quando se tem 19 anos. Mas as más companhias podem fazer com que você brinque de outras coisas.

Tudo se passa num passado não muito distante. Perto de Belo Horizonte, no municipio de Vespaziano, fica o clube da AEC do qual meu pai era conselheiro e iamos quase todo final de semana. Jair um amigo do meu pai, sempre estava presente e com ele seu filho Lucas. Ná época Luquinha era assim: branquinho, olhos verdes, cabelos lisos e castanhos, quase louro, não era magro, era do tipo menino rechonchudo, mas não gordo. Seu corpo estava totalmente nos padrões de beleza que a sociedade esta acostumada. Era um menino que fazi sucesso com as meninas, era escoteiro e parecia que seu alíto era doce. Eu sempre ficava admirando seu geito de ser pois, aos 19 anos um menino ficar, dar beijinho na boca e ser o rei das meninas da AEC era como se fosse um deus para mim. Jair seu pai, possuia um rancho perto do clube, um lugar agradavél demais, ficava entre alcaliptos e a casa tinha um ar europeu. Pra falar a verdade eu não era amigo do Luquinha, mas ficavamos juntos no clube, pouco conversa. Eu era assim: branco, cabelo preto liso, olhos verdes, muitas sardas e muita gordura, eu era muito gordinho para a minha idade e era motivo de chacota de todos os meninos, acho que o Lucas sá não zuava os meus peitos grandes devido ao seu pai conhecer o meu. Sentados em uma mesa do clube, meu pai chapado e o pai do Lucas idem, começou a conversa

- O Estevão, vão ao almoçar la em casa lá pelas três

- O Jair não vai encomodar

- Nada, a Silvia não ta ai, mas não esquenta que tem um empadão de frango, que é sá esquentar no microondas e agente passa uns bifes de picanha.

Meus olhos brilharam na hora. Bife de picanha, hunnnn.

Depois do almoço, meu pai e seu Jair miando de chapados cairam na cama. Eu estava sentado na varanda olhando o nada quando o Lucas me chamou.

- Ou vão brincar?

- Claro, onde?

- Ahh vamos brincar de selva

Como falei a casa ficava no meio de uma mata de eucaliptos, pegamos umas ferrmentas de brinquedo ao estilo Rambo e fomos desvendar a mata. Depois de tanta brincadeira, como desvendadores e caçadores, começamos sem ao menos perguntar um ao outro se era aquilo que queriamos. Me lembro que a iniciativa foi dele:

- Você ja bate?

- Claro e vc?

- Também. E o seu é grande.

- Não e o seu

- O meu também não. Quer ver?

- Quero e vc quer ver também?

- Quero

O pau do Lucas era lindo, branco, muito branco e com a cabeça toda rosa, meio roxo. O meu não era muito diferente, era até maior. Ficamos nos exibindo, até que criamos coragem e começamos a esfregar um no outro, nos abraçamos e começamos a gemer, como se ja soubessemos oque sentiamos, Era muito bom. Não tiramos a roupa toda mais foi o suficiente. Deitamos nas folhas de eucalipto e como se ja soubessemos começamos a fazer um 69, relutei um pouco e deixar a cabeça do pau do Lucas tocar minha lingua e pele, mas não demorou muito. Lucas gemia, como se ja fosse experiente e eu chupava em silencio como se ainda tivesse vergonha, derrepente, senti o pau do Lucas muchar na minha boca e sua barriga contorcer e quando sua barriga esticou novamente, seu pau cresceu de uma so vez e o primeiro jato veio na minha boca. Lucas gritou Aiiiiiii - Agora é vc!!! Agora é vc!!!! E parou de me chupar e começou a bater rapido e forte com o pau de fronte a sua boca. Bateu bateu e quando ele viu que estava na hora fechou o olhos e briu a boca. Eu gozei, gozei e sá fui capaz de dizer:

- To cansado

- Eu também. Não conta tá

- Ta bom. Vc tb não.

- Seu pai deixa vc dormir aqui?

- Não sei, tem que pedir

- Sabe jogar Damas?

-Sei

- Vão la então

Nossa amizade começou mesmo foi ali. Naquela noite não dormi no sítio apesar de ter pedido. Na despedida nossos olhos se encheram de água. Queriamos mesmo ficar juntos. Sei disso. Mas essa historia não termina aqui.......

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos de prima e irmãesposa puta do meu tio corno contoConto eurotico. A casada novinha e seu entiado adolecentefilha bebada nao tem dono...Conto prima nunca viu pauconto eróticos calcinha pedreiroshega gotosacomi meu priminho afeminado em casa com shortinho entrando no rabocontos de eroticos de casada fogosainocente sentei no pinto mole contoconto minha tia de calcinha andandocomendo cunhada asm que minha mulher saitarado,atolado,na,cachorra,no,ciopai me comeenfiando na bucetavarias coisasestalos contos eróticosassistir vídeo de pornô a tia chega a pesar em casa jogar e o sobrinho da mãe com ela e transa com elameu marido eu minha amiga comeu cuzinhoContos erotico sobrinha aninhosContos eróticos tio paicontos esposa chupando travesticontos erótico d danadaComtos casadas fodidas na rua por camionistasconto gay descabacei meu empregadocontos eroticos ai ai me fode fode primoconto d patricinha c o borrscheiropeito bicodu sexvidio.da meninas do corpiho gostozuConto fudi com travesti na frente do corno putinhosDeu o cu sem querer querendo contomais taradas por picar nu rabo grosa. du filhocontos eroticos de mae danu filha para seu patrao comercontos tirar leite eróticoscavalo enchendo a bucetadeporracontos eroticos minha irma e suas amigaschupei na praia contosvelha peituda cheia de celulites contoconto erotico incesto sonifero filhacontos minha esposa flagou eu comendo o cu das mulhere da familiadando padrasto contos eróticostinha 7. aninhos o tiozao come meu cuzinho. incesto analminha mulher fudeo com varios neste carnaval contos eroticoscontos inocênciasogra muito linda na praia contos2paus nu mesmu buracuxvideos bazilelosdei meu cu contosA obesa bebada desmaiada contoconto minha namorada greludaconto eRotico os piralhoS m comeraoconto erotico alineconto empuraram dois pinguelo na minha buceta ao mesmo tempoPai filha chuva dourada contos euroticosconto erotico viado vai pro baile funk e da o cu pro travestiEu eo velho da pica grande contosAdoro ser cdzinhacontos eróticos de mulheres do b****** grandecontos eroticos de novinhos madrinhasContos eroticos(colei velcro com a vizinha e gostei)ele ela conto erotico japonesa casada e a reforma da casacontos tia tirou os pelos do pau do sobrinhoconto erotico gay bebadorasguei a calcinha da prima dormindo fudelidade.comcontos de coroa com novinhoAjudei minha irmã a gozarcontos eroticos incesto a neném do papaiComo posso acaricialo com tesaomeu marido abriu minhas pernas e tirou minha virgindadecontos eróticos gay sendo putinha na minha casaContos pornos-enrabei minha mulher com nossas filhas olhandocontos eróticos no cu com cachorrocontos retardado dotadoesposa puta do meu tio corno contocontos eróticos minha nora cuidando de mimeu sentada na sofá sem calcinhas com pernas abertas pra o papa-contoMeu irmão mandou eu deitar com eleo meu padrasto me arrastou pro matagal contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos de mijadas no rostocontos eróticos transando no metrôcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevideoo porno da bundona de chorte de burmiconto erótico ricoe mendigocontos patricinha puta com o velho coroaconto gay me comeu com eu fingindo esta dormindozoofilia gay extraordinárias bizarrosconto erotico daniela minha irma dando rabaocontos eroticos de menininhashetero sendo penetrado contocontos eroticos esposa convida amiga pra fuder com maridoconto porno depravei minha tiagay e o cachorro contoscontos traição no baileconto gay meu amigo chupou um cacete para fumar crackcontos gay um roludo mim arrombou quase cagueiconto eróticos mendigo batendo punheta na rua da minha casa