Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A PEDINDO INFORMAÇÃO PARA O PM

Estava de serviço na praça da Sé quando uma mulher veio pedir informação sobre um endereço, ela era loira mais ou menos 1,70 pernas grossas seios medios e usava um vestidinho leve sem sutian, tive de fazer muito esforço para não ficar secando mas o cacetete ja ficou pronto para o serviço, ela notou minha situação e ficou meio sem graça e fingiu que não percebeu mas ficou toda vermelha, depois de explicar ela agradeceu e foi embora. Quase no final do serviço eu a vi passando e perguntei se havia achado o local ela respondeu que sim e começamos a conversar, ela me disse que era do interior e estava recomeçando a vida em na capital depois de um divorcio dificil, disse que não queria mais saber de compromisso e iria aproveitar a vida, dai para frente o papo começou a ficar mais quente e ela falou que tinha sempre teve uma tara em homens fardado, então eu disse que se ela provasse um policial nunca mais ia querer outra coisa, ela provocou e disse que não embora nás fossemos bem treinados eu não conseguiria dar conta do recado devido ao fogo que ela tinha principalmente por fazer alguns meses que não transava, então eu disse que não existia crise grande o suficiente para um policial resolver ela riu e eu a convidei para tomar algo ja que estava saindo de serviço. Logo que chegou a minha rendição ná saimos e eu a levei a um hotel proximo da praça ficou meio apreensiva em entrar mas ja dentro ja foi segurando meu pau por cima da calça e me beijando como eu estava fardado a virei de costa e algemei suas mãos para tras fingindo que a estava revistando e comecei subindo passando as mão pelas pernas até a virilha pulando paras a costa até a nuca descendo pela barriga e quando cheguei a virilha novamente puxei a calcinha para o lado e passei de leve o dedo em sua bucetinha que estava ensopada, ela começou a rebolar então por tras comecei a lamber sua buceta que escorria de tanto tesão ela implorava para eu enfiar o pau em sua buceta. Coloquei ela de quatro na cama e batia em sua bunda chamando ela de cachorra então soltei a algema e coloquei meu pau para fora da calça e dei para ela chupar depois de um tempo comecei a pincelar o meu pau em sua buceta ela enpurrava para tras para entrar eu não deixava sá judiava então ela me empurrou para cama e sem dá sentou no meu pau e começou a rebolar que nem louca dizendo que ia gozar me chamando de filho da puta me mandando apertar a bunda dela, depois que gozou deitou no meu peito. tirei o resto da minha roupae fui tomar um banho quando ela entrou no banheiro reclamando que queria me ver gozando na sua bucetinha, fomos para a cama novamente com ela me puxando pelo pau ela deitou e ja fui me encaixando ela pessou perna na minha cintura e começamos a meter de novo com força até que ela gozou de novo não demorou muito eu gozei tambem e fomos terminar o banho que eu tinha começado quando saimos do banho transamos mais uma vez e fomos embora combinando nos encontrar outro dia com mais tempo. Na proxima conto como foi o nosso segundo encontro. me escrevam dizendo o que acharam da minha aventura msn [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de incesto entre pai, filha e fConto tanguinha sograempregada é chatagiada pelo patra e tem qui sar a bucetamaduras de camisola na webcontos erotico dormindosexo e esganaçaoconto erotico com a sogra cegaconto erotico cornocontos mamando uma pirrocacontos eróticos bumbum grande no ônibuscontos/minha esposa com um negro dotadocontos negra cavala casada fudendo com negaoulherdo pastpr da.do a bucetacontos dei a xota pro mendigoconto porn dando pro comandanteconto erotico gay chupando tio bebadoninfetas com vestidos beijando peitoral dos travestisconto erotico minha esposa 1noite na festacontos eroticos viajando sentadacontos de cú de coroa viuvaContos fudendo elatransei com meu irmao na cadeia contowww.conto eu vi o pedreiro mijandomeu pai e meu tio come a minha esposa contos eróticoscontos eroticos sexy romantico e gostosoContos eroticos de filhas.assediando papai.quando esta sozinhaSOBRINHO CARENTE CONTOjumento humano. contoscontos eróticos com fotos de menininhas sentadas no colocontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos seios devem ser mamadosler contos eroticos de casais trepando dentro de cinemas com outros homenscontos eroticos casada com amigo do filhoContos eróticos de esposas coroas de amigosTransei com meu sogro contoContos vovó no banhominha mulher me fez corno e viado ao mesmo tempo eu adoreicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de negao fudeu eu e minha namoradaquero ver contos de fada tia dando a bundinha para sobrinhomega rolas mega bucetas mega gozadas profundascontos eroticos a rabuda da minha sograAbrindo as pernas para o sobrinho contocomendo minha filha juntos com os amigos contos eroticoscontoseroticosmaconto erotico plug analMinha filha se ensinuava pra mim gostosaa pra mim comtosArrombaram minha namoradaContos rasga o cu filhinhaContos eróticos molekas virgenstravestis tocando siririca na zoofiliaconfia minha madrasta no pornô chorando gostosaconto erotico mulher gostosa trai marido com um delegadocontos eroticos de tio e novinhasrelatos eroticos de Araguaina ToConto erótico qual é a cadela mais receptivaContos esposa no confessionarioai meu cu ta doendo rregassa ele amofudeu a entiada conto eroticoContos comi minha nora micheleContos eroticos minhas irmas e minha mae fizeram um gang bang com muitos negoes no sitioConto erotico contando minhas tranzas para meu pai e acabou me comendoconto esposa bunda enorme me traiuContos namorada arrombada por doisConto erotico coroa no onibus virei puta do titiocontos gayhttp://okinawa-ufa.ru/conto_29428_vendedor-seduzido-por-uma-cliente.htmlconto erotico o crescimento do meu filhoSentava na ultima cadeira da sala e o professor de quimica me comeua sobrinha novinha da ninha nulhe vidio ponormadrasta pegou enteado vendo filme porno e alivioubrinquei com a afilhada conto buceta carnuda comtos de sexorelato de donas de casa cavalacontos: viciei a negrinha a dar o cuzinhopai velho conto eroticodesvirginando sobrinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos curtos de zoofiliaconto erótico sequestrocontos eróticos gay depilação entre machosmasagista se marturbando no meio do espediente porcontos eróticos minha buceta pegando fogo i.piscandocontos exibindo o paudepilano a buceta dela io cara comi elacontos putaria na minha infâncianegoes me rsgaram contoso cu da tia era virgem contosconto anal popozuda carnudaconto erotico de casais com negros de pau gigantecontos eroticos come minha buceta priminhoporno noido com coroa de 60 anos de idade da o cu po enteadoTravest contosminha enteada gost contoscontos ,minha noiva nao deu mas chupou ate gozar