Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A SECRETÁRIA DO CURSO

Sou estudante e estava fazendo cursinho. Para ser aprovado estudava na sede do cursinho todos os dias a tarde. Neste período, ficava apenas uma funcionária chamada Paula.

Paula era uma jovem de aproximadamente 26 anos, cabelos castanho e ondulados, olhos castanho escuros penetrantes, pele branquinha, mãos delicadas com belas unhas, seios de médios e uma bunda de dar muitas inveja as ex-universitárias que ali estudavam.

Tudo começou quando conversávamos despretenciosamente, quando reparei que o bicos rosados dos seios dela estavam durinhos, não resisti e fiquei olhando, ela ficou envergonhada, na hora ficou toda vermelha e deu um sorriso de muito safadinha...

Continuamos conversando e eu sá pensando em como atacá-la, já que estávamos sozinhos.

Pensei bastante, mas vi que não teria jeito, decidi estudar, pois era para isso que estava lá!

Não dava, não conseguia me concentrar, estava com muito tesão!

Decidi tomar água gelada, já que não dava para tomar uma ducha gelada.

Quando voltava com o copo na mão Paula perguntou:

--Nossa! Não sabia que estudar dava tanto tesão! Isso que é gostar da matéria!

Não resisti a gracinha dela e olhando fixamente, dei a volta no balcão e lhe tasquei um beijo na boca. Inicialmente ela resistiu, mas logo cedeu e me abraçou forte! Aí já percebi onde pararia essa histária, mas ao terminar o beijo mandou eu estudar porque ela tinha de trabalhar!

Ficou olhando para ela e perguntei:

--Então porque continua com os seios assim? Pq me beijou e segurou tão forte?

Ela não conseguia responder, tentou falar algo, quando eu interrompi com outro beijo já puxando ela para a copa do cursinho.

Lá, logo fui beijando o pescoço dela, a nuca, os seios... Que seios... Que barriguinha! Quando fui descer mais ela tentou impedir, mas logo abaixei um pouco a calça dela e lambi sua virilha, ela estremeceu e me conduziu a sua boceta...

Que boceta linda! Raspadinha, sem nenhum pelo, branquinha e muito molhada!

Chupei muito ela!!! Logo ela teve um orgasmo, pensei que acordaria os vizinhos!

Em seguida, falou que era isso que ela precisava, de um jovem cheio de hormônios, porque o marido dela sá queria o arroz com feijão, que há muito perdeu a graça.

Continuei chupando, mas agora também a masturbando colocando dois dedos em sua boceta, estava muito apertada, mas quando eu colocava sá um ela pediu para colocar dois porque queria sentir rasgar a boceta!!!

Fiquei assim por um bom tempo, até que ela gozou muito!!! Encharcou minha mão e minha boca!!! Como é bom o mel daquela delícia!

Depois, ela tentou se recompor e falou:

--Agora você vai receber o que nenhuma dessas suas amiguinhas de faculdade sabe fazer!

Beijou muito minha boca, lambeu minhas orelhas, pescoço e tirou minha camiseta!

Continuou descendo, beijou meus peitos, sugou, lambeu e mordeu mtooo... até que sacou meu pau da calça e cueca ao mesmo tempo, ela já surgiu batendo na cara dela e ela exclamou:

--Que abusado!!! Ele verá o que é bom!

Começou a chupar e beijar a cabecinha, ficou nisso por um bom tempo, até que de repente engoliu tudo de uma vez! Ficou lá com seu nariz na minha barriga mexendo a língua no meu pau! Muito Bom! Até que acabou o fôlego e o tirou da boca e começou a lamber meu saco!

Realmente nenhuma amiga da faculdade havia feito um boquete tão bom, já não estava aguentando ela chupar meu saco e bater punheta ao mesmo tempo, daí ela parou e pediu uma camisinha.

Pior que eu não tinha, mas quando a avisei pediu para aguardar um segundo e logo chegou com duas camisinhas e um sorriso de safado no rosto.

Meu pau ainda estava duro, mas ela deu uma chupadinha e colocou a camisinha com a boca! Ela sabia tudo de sexo, devia montar um cursinho disso!

Assim que colocou a camisinha se levantou e debruçou sobre a pia, e com a maior cara de safada pediu que eu comesse-a bem gostoso!

Não aguente e coloquei tudo de uma sá vez e ela deu um gemido muito alto!

Comecei a bombar lentamente para torturar aquela safada, mas logo ela pediu que eu rasgasse-a com uma carinha, que não pede, mas manda!

Não tive como resistir, e comecei a bombar muito forte, as vezes a tirava do chão!

Ficamos nisso por um tempo, até que ela mandou eu sentar numa cadeira. Mal tinha sentado e ela já veio por cima e começou a cavalgar muito! Pulava mto! Parecia uma máquina batedeira, pulando e rebolando muito! Como ela dominava muito o que estava fazendo!!!

Ficamos assim até que ela falou que ia gozar, eu já estava explodindo de tesão e gozei junto com ela! Ficamos abraçados e eu lembrei da outras camisinhas e perguntei para ela porque duas e ela sorrindo respondeu:

--Pensa que é assim? Vem aqui, me tira do trabalho e vai fazer o serviço pela metade?

Mas isso fica para outra histária... ainda preciso estudar....





Bjos e abraços





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu tio safado gosta de mim ver de vestidinho curto pornotezudinhas inocenteporque.que.depois.que meu namorado chupou os meus peitos eles ficaram com o bico descacandoenvolvendo e massageando o pau com o cuela olhou e disse que rica piça contosincesto real mãe gostosa da coxa grossa e quadril largocontos eroticos cuspe punhetacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontoeroticos deixaria namoradacontos eroticos arrombando a gordaconto erotico.sou madura e surubaConto estropo velho casadacontospegando a mae na marraContos erotico meu filho acariciou minha xoxotaContos eroticos de podolatria com fotos chupando primas com os pes lindoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteesposa greludacontocontos erotico com primacontos eroticos coroa fudendo com vizinho pirralhocontos de mulheres dando a bocetaconto erotico seduzindo irmaocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de filha da vizinhaConto reunião de familia minha tia travestiConto erotico menina da academia passva todo dia frente de minha casacontos eróticos cantada na rua não resisti e traímeu filho me viu de fio dental socado mo cuSentir a cabeça entrar fingi gemi baixinho tão novinhos contoconto erotico mamae traindo na fazendaContos eroticos dei minha munher pro negãocontos eróticos mulher maduracontos eroticos de chupadas entre mulherescontos eroticos meu marido gosta de ir ao cinema porno para ve homens ecitados e me exibi em praias e escolher um para transa primeira vse com outrocontos eroticos abuzei de minha irmazinha com ela dormindocontos eroticos cuspe punhetacontoseroticoscuzinhocontos. negra sequestrada e estupradacontos reais de sobrinha de 8 dando o cuzinhobrincadeira perigosa contos de incestocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteminha mae deichava meu padrasto mi banho lavava minha bucetacontos eroticos de pijaminha provocandoConto erotico coroa no onibusconto chupei a coroacontos eróticos garota da escolacontos eróticos com o vizinho q mora sozinhoescanxoBem dotado comendo a patroa no sitio conto eroticocontos eroticos arrombando a gordaconto erótico ajudando a irmã na faltaMe Faz um Cafuné conto gayContos eróticos de mulher da cidade de maringácontos eróticos gordas avos dando pro netohistorias eroticas comendo a irmãcontos de incesto minha filha sendo comidacontos erotecos dei mel rabao pro mel felho toludocontos eróticos família vavela minha mãe comigo no banheiroorgia com coroa contos eroticosConto erótico de laraVanessinha criando pelo na xaninhaBaixou minha calcinha e meteu contosCasa dos contos erticosAluna colegial Fernanda dando a buceta pro diretorcontos eróticos pastor compadre d*********** a virgemprima gravida e primo contosConto de cadelinha depósito de porra dos machos no barconto erotico pazes novinha e coroacontos eroticos incesto com filho adotivomandei meu marido chupar um pau de travesti contomeu pai dotado comeu minha buceta rosa por eu dezobedecereu e minha família sempre passamos o réveillon na casa de praia depois da meia noite eu fui sozinho com a minha irmã com ela pra praia eu tirei a virgindade da buceta dela na praia conto eróticoxvidio minha mina sai para tranpa e eu como Minha sogra xvidioloira do pozao melafa de olho porno doidoContos erpticos menininha de ruaConto gay - "boa fêmea"contoeroticoencestorabinho impinadinho em fio dental da irmacomendo a tia que esta olhando pela janelacontos eróticos coroa amiga de minha mãe muito gostosa da buceta grandecontos gay cheiro de rolazoofilia minha 1 vez com mimha vadela contos heroticosesposa puta do meu tio corno conto