Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BRANQUINHA DE SAIA JEANS NO BRÁS

Estava indo trabalhar de metrô. Nada aconteceu no trem nem no Brás que valha a pena citar: sá as passadinhas de mão e encoxadinhas básicas em ambientes lotados. Nada que eu não tenha no dia-a-dia na metrápole das multidões. No Brás, por exemplo, encontrei uma crentezinha de saia jeans, carinha de safada, bunda bem larga e a saia também. O cabelo preso. O nariz dela era bem grande, como os das turcas. Pra falar a verdade, ela era bem feinha. Aparentava uns 30 anos.



O metrô nem estava tão lotado assim aquele dia, mas fico do lado dela, e ela aceita oferecer-se, caminhando um pouco do meu lado esquerdo, e um pouco pra trás, trazendo a banda direita de sua bunda em direção ao meu pau. Aceito esfregar sua bunda um pouco, sem encostar em nada, sá apoiado em sua bunda. Enquanto isso, minha mão esquerda alisa o resto de seu traseiro, procurando sentir de ponta a ponta como seria essa delicinha nua e pronta para ser enrabada.



Enfim, nada de mais.



Contudo, quando cheguei na estação da Sé a coisa mudou completamente. A linha azul sentido Jabaquara estava completamente lotada, com pessoas de todos os lados. Aquela visão descendo as escadas, das pessoas se acochando à espera do práximo trem... nossa, é uma delícia! Sá a imaginação já fez boa parte do trabalho que deixou meu pau endurecido por baixo da cueca de seda e da calça social.



Antes mesmo de iniciar minha descida na escada encontro uma neguinha com uma puta bunda e uma saia jeans mole. Do lado um japonês jovenzinho mal encarado. Não foi problema algum me colocar entre os dois naquela correria típica de uma manhã paulistana. Me espremo no meio e ganho um brinde: esfrego meu pau duro (da encoxada anterior) em volta de seu traseiro, fazendo a calça dela amassar com minha passada.



Ao descer, ela vai para o lado esquerdo. Vou junto. Ela olha para mim e sorri. Opa, aí vai ter coisa! Começo a dar umas esfregadas de mão e de pau, já que a situação me privilegia. Mas estranhamente ela se esquiva. Fico triste e indignado, mas não desisto.



Logo no lado esquerdo dessa mulhar uma outra, essa mais baixinha ainda, um tom bege de pele, de áculos e vestido florido branco, aqueles de verão. Esfrego-me primeiro com a mão esquerda em sua bundinha. Ela gosta, pois fica mais para a frente, dando espaço para eu me enfiar atrás.



Não chego a esfregar muito o pau, mas minha mão inteira de repente estava livre, aberta, encostanto totalmente na superficie de seu vestido, justamente na curvinha que as mulheres têm entre a parte de cima e a parte de baixo da bunda, a curva maior, do lado direito. Sinto sua temperatura enquanto olho de soslaio aquele decote generoso para a ocasião de estar espremida na fila do trem.



Entramos no trem. Para finalizar minha manhã, ainda dou uma esfregadinha em uma loira de uns 30 anos, alta com calca mole azul escuro e blusinha branca. Ainda estava com o pau bem duro, já que não deixei de me esfregar em belas mulheres durante todo o trajeto.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto de sogra fude o gentocontos bucetinha pequinininhascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteexitei um traficanti ele me comeucontos eroticos incesto pai fzd massagem na filha inocenteContos o negão dormiu na minha casacontos eroticos velha e dotadoconto minha mulher era santaconto estrangeiro picudomulher rebolando de costa para o espelho de fio dentalcontos eroticos de incesto de pai pasto e filhaporno efiando o dedo na esposa e chupa a buceta dela gostosacontos sacanagem com minha sobrinhacontos irmãzinhacontos eróticos novinha brincando com a rola grossa e tomando porracontos pornos incestosconto erótico corno no carroesposa puta do meu tio corno contowww.mulatanua.comwww. contos eróticos de hermafroditas grátis sem baixar sem cadastrarolhando a prima dormindocontos eroticos/narrafos safadod/gemidosmeu patrao comeu minha filha novinha na chantageconto erótico engravidou a casada em uma rapidinhacontos eroticos com vovoconto uma viagem muito gostosaContoseroticosdesolteirasminha cunhada meu desejocontos namorada bonde todocontos eroticos submissa chantagem casadascontos eroticos patrcinhas enrabadas por muitos homenssrxo anal com negras mazoquismoContos Eróticos De Gay Comi.a Bundacontos transando com o vizinhoesposa puta do meu tio corno contominha cadelinha zoofilia contoscontoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosconto sexo violencia irmãotapa na buceta da tia contoscontos comendo gay na vielacontos de mototaxista e gaycontos eróticos esposas traduzidas na minha frente buceta carnuda comtos de sexofilhos safados espiando os pais fuder conto realContos eroticos o professor de quimica me comeu varias vesses e tirou minha virgidadecontos eroiticos de gente que participou do d4swingcontos eroticos arrombando a gordaconto eróticos lábios românticoscontos suruba inesperada com a esposa e travesticontos erotico de encoxa desta semanacontos eroticos gays romance primocontos eroticos de meninoshistoria e contos lesbica primeira vez com minha babaFernanda jeitim nuacontos eroticos de prima puta safada e com um rabo de puta que foi fazer uma visitinha pra tiaconto errotico bebadoscontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicasaposta com os amigos contos eroticosse fingindode sonanbulo pra fudee a irmãnada viciada no padrastoContos eróticos e rosecontos eroticos sou casada peguei carona com camioneiroContos eroticos c imagens v puta de meu sogro e do cunhadocontos eroticos cavalominha sogra falou que tem dificuldade para gozarcontos eroticos tatuadorrelato baba tirou minha virgindadeamiguinha d minha bem magrinha putinhameninas na piscina contos eroticoscontos eróticos de meninasxvideo tia dormir e subrinho dotado comeu o cu dela dormindoo massagista comeu minha namorada contosComia+bucetia+da+mia+sobria+conto+eroticofotos de cus peludos e aregasados gayszoofilia ela casou com negao mais quando viu o tamanho do pau enorma dediu ajudaa maecontos eroticos minha irma e suas amigasConto erotico novinha.pediu pra passar bromseador