Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA EX MULHER ESTRUPADA POR UM CAO

Tenho 55 anos, estou separado a mais de tres anos, minha ex mulher tem 38 anos, e uma loira muito gostosa de 1,75 de altura, seios pequenos e bunda grande é uma ex manequim, e tem um fogo inssasiavel,vou começar contando o que acontecia para chegar na historia final, logo que ficamos juntos isto em 1988 ela então com 20 anos, fomos morar em uma fazenda que temos, nesta fazenda transamos em todos os lugares possiveis, no lago, no mato, um final de semana os empregados foram dispensados, pois não tinha nenhum trabalho a fazer, e o pouco que tinha dariamos conta, que era alimentar os cavalos que ficavam na cocheira, e eram poucos sá dois garanhãos, pois os outros estavam todos soltos nos pastos, no domingo apás o almoço resolvemos que iriamos transar em uma das cocheiras que estavam vazias, la chegando ela com uma saia indiana e sem calcinha, começamos a nos sarrar, enconstei ela no coxo dos animais e fiquei metendo nela na xaninha por tras, depois de muito meter e vendo chegar a hora de gozar, pedi a ela que me chupasse que queria gozar em sua boca, ela se ajoelhou no chão a cocheira que estava coberta de serragem, onde os animais dormiam e começou a me chupar com uma volupia muito grande e que a fazia gemer de tesão, eu tenho 19 cms e pau o que não é grande, não sei se pelos gemios dela atraiu um cachorro galgo que temos até as cocheiras e como não tinhamos fechado a porta ele entrou, mas nem nos demos conta pela tesão do momento, o galgo de nome farrapo deve ter mais de um metro e oitenta quando fica em pé é enorme, nunca tinha passado pela nossa cabeça uma transa com animais, nem nunca tinhamos falado nada a respeito, mas continuando, estavamos naquela tesão louca ela me chupando e com a saia levantada até as costas quase de quatro se masturbava e dizia que estava quase gozando, nisso para nossa surpresa o farrapo veio a nosso encontro e passou a lingua em minha esposa o que fez ela levar um susto e dar um pulo para a frente, começamos a rir pois tinha cortado nossa gozada que ja estava para acontecer, ai eu disse para ela vamos deixar para ver até onde ele vai, ela disse que não que tinha nojo, mas consegui convence-la fiz ela ficar de quatro e tirei a saia dela, ele ficou olhando de longe e muito desconfiado, chamei ele mas ele não vinha, ai mandei ela esperar fui na cozinha e peguei um pouco de leite em um prato e voltei, ai chamei ele de novo ai ele veio tomar o leite, fui aproximano o prato de onde estava minha esposa, depois peguei um pouco de leite e lambuzei a xaninha dela, o que a deixou brava, mas ja estava aceitano mais a situação, ai o farrapo chegou perto dela cheirou e começou a lamber o leite que tinha espalhado na xaninha, como ele tem uma lingua enorme no principio minha mulher parecia que não estava nem ai, mas depois de umas lambidas ela foi a loucura e começou a gemer alto, eu estava de pau duro de novo, então pediu para eu ficar em sua frente para ela me chupar enquano o cao lambia sua buceta, ela se arregaçou toda para a xaninha dela ficar mais exposta, pois a xaninha dela e pequeninha e apertada, o que não imaginava-mos e que ele treparia nela, o que fez rapidamente segurando com as duas patas a cintura dela, ela se apavorou e pediu para tira-lo de cima dela, tentei mas não consegui pois cada vez que tentava ele rosnava para mim, sá que ele não conseguia penetra-la e como ela apertou a bunda o pau dele deslizava e esfregava na bucetinha dela, o que foi dando muita tesão tanto nela como em mim, propus a ela deixar enfiar um pouco em sua buceta ela disse que não pois o pau dele devia ter uns 25 cms, e que ela não aguentaria nem um pouquinho pois alem de grande era grosso, mas o tesão falou mais alto e ela concordou, eu tive que ajudar acomodei ela melhor e direcionei a ponta daquele pau para a entrada da xaninha dela, parece incrivel ele depois que subiu em minha mulher não soltou mais, eu acho que ele sentia que se saisse perderia a preza, quando coloquei o pau dele na entrada da xaninha de minha mulher ela ja estava toda encharcada e depois me confessou que tinha gozado duas vezes sá com as roçadas do pinto dele nela, sá que outra coisa que não esperava-mos bastou eu colocar e tirar a mão ele eu uma estocada que enterrou todo aquele monumento na xaninha dela, ela deu um grito de dor e ele parece que sentindo ficou quieto dentro dela sem mexer, e com ela bem agarrada pela cintura, foi passano a dor e minha mulher começou a sentir prazer com toda aquela tora em sua buceta, ai me disse vem aqui para frente que quero te chupar com esse pau dentro de mim, ai começou a fazer um boquete e começou devagar a rebolar aquela bunda maravilhosa, isso fez com que o cão começasse e estocala de inicio não tão rapido mas depois muito rapido e com uma loucura total o que fazia minha mulher urrar de dor e prazer, como ela dizia enquanto me chupava e dizia que nunca tinha gozado tanto em sua vida, depois de estocala o cao deu uma estocada final forte o que o fez se juntar na bunda de minha mulher e começou a gozar, sá que minha mulher começou a gritar que a estava arrombando que estava creecendo na buceta dela e que iria rasgala, como tinha acabado e gozar com aquela cena, tentei tira-lo mas ai vi que ele estava engatado em minha mulher, comecei a fazer carinho nela que estava chorando e pedino para ela ter calma, ai ela foi relaxando e voltou a me dizer que estava ficando gostoso de novo e que ela estava cheia não sabia se de mijo dele dentro dela, ou se era de porra mesmo o que a fez gozar mais duas vezes até ele se desengatar ela saindo junto com o pau um monte de porra misturada com sangue, que ai vimos não ser mijo, ele veio carinhosamente e lambeu a xaninha dela até deixar limpa, ai eu vi que sua xaninha estava inchada e vermelha, mas com a limpeza dele ela chegou mais uma vez ao orgasmo, infelizmente nunca mais ela quiz fazer a experiencia pois ficou muito machucada e com medo, não consegui transar com ela durante mais de uma semana pois doia muito sua buceta, mas quano transava-mos lembrava-mos daquele dia e dava muita tesão em nos dois o que fazia gozar-mos muito.

Leão

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


piscando contos eróticoscasa dos contos eróticos ufacontos.eroticos pedreiro velho.fode garotinhaconto erotico estuprada pelo primoConto gay "como uma boa fêmea"contos eroticos de casadas putas e seus maridoscontos eroticos lesbico casadas e travesticonto erorico dando a buceta pro meu genro doentecontos gays meu pai gozou na minha bocaconto erotico patrao pauzudo do marido comeu eu e minha filhaLoirinha se excito ao ver pau do cingadocontos eroticos confissões fAmiliaresConto de incesto de pai filha e tiocuzuda currada por varios bem dotados contocontos de incesto comendo a irma separadacomtos eroticos humilhada e currada por molequesContos minha mae mostrou o bucetao peludo pra mimpapai mim comeu contoscontoseroticos arrombei minha tiaConto reunião de familia minha tia travesti19 filha menina rebolanocontos eróticos fantasias de uma mulher gostosa iniciando os garotinhos novinhos e virgensesposa bebada tomando sol com sogroconto erotico gay chupando tio bebadoConto enteada nao aguentou tudotomou viagra e meteu na esposacontos selvagens arregacei o rabo da minha esposacontos brasil cunhadacontos eroticos sogro e genrometeno grandes obigetos redondo na buçetacontos porno minha tia marta segura na minha picaComtos namorado ve namorada ser fodida pelo irmao delaconto erotico mostrando o piru pra garotinhapequenacontos eróticos de mini saiavideos de porno sogro cardando a moraconto erotico gay ordenhadominha mulher me fez corno e viado ao mesmo tempo eu adoreicontos eroticos arrombando a gordapresenciei minha mãe ser arrombada contosconto a tara dar minha esposacontos de esposas putasdepois de eu ter me mastrupado depois de um tenpo comesei a goza isso e normalcontos erotico esposa propoe proo cu rosinha de minha neta de 9 aninhosminha filinha bricando minha pica contos eroticosconto erotico gay entre pai e filhoconto tia de roupa curta pagando umaconto putascontos casada no elevadorcontos eroticos submissa chantagem casadascontos eroticos cdzinha quando era menino me vesti de menina e marquei pra dar eu queria ser meninaporno mulhres usano chortes Cavadãocontos eróticos o amigo superdotado do meu filhocontos eroticos manicure e minha mulher safadacdzinha esposa corno contocontos eu vi minha mulher sendo arrombadacontos meu irmão e eu betinha vendo contos mulher casada da o cu pro cãocontos eroticos ninfetas virgens e velhosconto erotico namorado e virtualchamei minha prima novinha encoxando até ela fodecontos eróticos de meninacvs q fudeream com homem velho nojento e do pau grande relato esposa safada na fazendaconto gay meu primo Josecontos eróticos gay meu sobrinho rabou meu marido na minha frentecontos eroticos excitantesconto gay dando na apostamulher sentada e retando calcinha para homen ver sua bucetaa vizinha gostosa veio pedir gelo e acabou levando rolacontos eroticos fui mecher no pau do meu padrinho dormindo mulher gozando a um metro de distansia e mijandocontos eroticos delicia de infancia com meus vizinhosaproveitam da inocência da mulher b******* na academia conto eróticobebado gay amigomeu cu no formato da contosfodido pelo pegador do bairro conto gaynão sou gay contos eróticosvideos camioneirros fudedo novinhas pasajeirascontos eróticos gay meu irmão e o seu buracominha mulher com o mendigo contocontos meu marido nem percebeucontos travesti bundudo dando pra caminhoneiros em postorepercussão de video uma guardete transando na empresa. que trabalhacontos erótico minha mãe prefire minha rola grossa