Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FANTASIA DE COLEGA DE SERVIÇO E MARIDO REALIZADA

Olá pessoal, sou o Caio, 38 anos, moreno claro 1,68 alt. 63 kg, olhos castanhos claros, cabelos pretos lisos. Adoro ler contos eráticos, mas gosto mesmo é dos acontecimentos veredicos, não sou fã de contos fantasiosos, o meu primeiro conto é ? Do bate papo para o motel?.Esse caso que narro agora aconteceu bem antes do primeiro conto, comigo a Cris e seu marido, essa aventura aconteceu em 2006, eu e a Cris ambos com 32 anos, ela com seus 1,65 alt. 55 kg, pele clara, olhos castanhos claros, cabelos ruivos, seios fartos, um bumbum médio, muito charmosa e cheirosa. rnTrabalhávamos juntos numa empresa aki em BH, eu e a Cris, ela era secretaria da diretoria. Fizemos uma amizade átima, e teclávamos muito pelo MSN, ficávamos conectados direto, e num desses papos, começamos a falar de relacionamentos, ela disse ter um relacionamento aberto, perguntei: aberto como? Ela falou aos poucos vou te contar! Sabendo disso já fiquei mais atirado, comecei a apimentar mais nossas conversas, perguntei se eu fazia seu tipo? Ela claro que sim, vc nunca percebeu? Eu na verdade nunca tinha percebido. E ela já começou a falar vc é uma delicia, sou doida pra fazer uma loucura com vc, eu prontamente já me coloquei a disposição, ela já foi dizendo fiquei quietinho ai, que estou indo ai, eu falei venha mesmo que já esta do jeito que vc quer, eu trabalhava numa sala que ficava nos fundos da casa, era duas salas, a dos técnicos de segurança e a minha do lado, os técnicos naquele dia não estavam pela manhã na empresa, era por volta de 08:30, ela chega na sala. Estava vestida de saia até os joelhos e uma camisa de botão branca, sandália de salto, cabelos presos, uma secretaria digna de qualquer fantasia, a danada já foi chegando me tascando um beijo e metendo a mão no meu cacete por cima da calça, correspondi o beijo, e comecei a pegar nos seus seios fartos, ela abaixou tirou meu cacete pra fora e mamou deliciosamente, mamou por uns 4 minutos, levantou me deu bjo, e voltou para sua sala, sem dizer uma palavra.rnRecompondo-me da situação, mando uma mensagem pra ela, essa era sua loucura? Ela, claro que não! Tenho uma surpresa para vc, aguarde. Fiquei ansioso pelo que me esperava, ela me chama para tomar uma depois do expediente, e claro que aceito. Saímos do serviço e fomos para um barzinho na região da Pampulha, começamos a tomar uma, e perguntei qual era surpresa? Ela me fala chegou ai, quando olho para trás seu marido acabava de encostar o carro na frente do bar. Agi naturalmente porque já conhecia ele, jogávamos bola juntos, na pelada da empresa. Chegou me cumprimentou, e conversa vai, depois de algumas bebidas, ela vira pro marido e fala: amor preciso te contar da loucura que fiz com Caio hoje? Ele, fala amor? Ai fiquei aflito! Ela, conta vc Caio! Eu fiquei mudo, e o marido dela fala:por favor Caio, conte pra mim to louco pra saber da sua boca. Contei nos mínimos detalhes, eu comecei a contar, e ele segura a mão dela, dar um belo bjo na boca dela, e fala: que delicia amor, vc gostou? Ela adorei. Ai ele me confidencia das noites de transas deles, eles sempre colocavam meu nome nas transas deles, ela falava que queria dar para nos dois, dizia que o cuzinho virgem dela seria meu, que queria goza muito no meu cacete, que ele era o corninho dela, nesse instante ela começa me provocar com os pés embaixo da mesa, passando o pé na minha perna ate chegar em meu cacete, já estava louco com as confidencias dele, imagina com a ação dela, me provocando ali num barzinho rodeados de pessoas, depois de muita bebida, caricias, e o q ela queria que fizesse com ela, tomamos rumo ao apartamento deles.rnrnSaímos do local, ele sugeriu que fosse no carro dele, e ordenou sua esposa que sentasse no banco de traz comigo, no trajeto para o local da orgia, a vadia foi chupando meu cacete e falando com o marido que pau gostoso, olha amor, sua esposa chupando o pau de outro, e nisso ele pedia para que ela o beijasse, com a boca toda melada. Chegando ao local, entramos e ele foi providenciar uma bebida, ela disse que ia tomar um banho. Ele retornou a sala com cervejas, e me pediu para pressionar ela, tentar comer o rabinho dela de todo jeito, pq ele nunca consegui devido ela reclamar da dor, claro que ia cumprir essa tarefa mole mole, ou melhor duro duro, rsrsrs. Ela chegou vestida numa lingerie preta, cinta liga e um top, já veio direto ao meu encontro, começamos a beijar, e acariciar um ao outro, e o marido sá assistindo, estávamos no sofá ela sentada no meu colo, comecei a mamar naqueles seios fartos, mordendo de leve os bicos, que já estavam totalmente pontudos, ela tirou minha camisa, começou me lamber todinho, tirou minha calça a cueca, e começou mamar deliciosamente engolia ate os bagos, nunca tinha recebido um boquete daqueles, depois dela degustar bastante, coloquei ela na beirada do sofá, arredei sua calcinha e cai de boca naquela xota, xupei como nunca, ia com a língua ate os seu cuzinho, e percebi que o cuzinho dela era virgem mesmo, perfeitinho as pregas todas no lugar, voltei a xupar sua xota, e passar o dedinho no cuzinho dela, logo logo, já estava com um dedinho no rabinho dela, ela delirava de prazer. logo o Mauro( o corno) chegou colocando ela pra chupar, percebi que o cacete dele era maior que o meu, mais o meu era mais grosso, se ela não aguentava o dele imagina o meu, pensei vamos regaçar ela hoje. Logo ela ficou de quatro e comecei a fuder aquela xotona, e ela mamando o Mauro, comecei a brincar com o cuzinho dela, coloquei dois dedinhos e logo ela começou a gozar,e eu metendo freneticamente naquela vadia, o Mauro deitou no tapete e ela sentou no seu cassete e começou a rebolar, quando chego atrás vejo aquele visou maravilhoso ele cuzinho pedindo para ser regaçado, comecei a passar a cabeça do cacete no cuzinho dela, ela pediu para passar um lubrificante, e lambuzei bem, comecei a colocar a cabeça e ela a reclamar, mais com muito carinho e calma consegui colar tudo dentro dela, e a vadia gozou de novo, ela é daquelas que tem orgasmos múltiplos, e com o os gritos e gemidas daquela cadela, acabei gozando no cuzinho dela, foi uma gozada deliciosa devido o marido estar embaixo assistindo tudo, tirei a camisinha e ela veio prontamente limpar meu cacete meio baquiado. Rapidamente me refiz de novo e trocamos de posição, o Mauro no cuzinho dela e eu na xota, e foi uma orgia daquelas, em varias posições, a cachorra no final ainda pediu para gozarmos na boca dela, pedido feito com todo prazer. Fiquei intimo do casal, repetindo a orgia por varias vezes, depois eles mudaram de cidade, e mantemos contatos sá pelo MSN, doido esperando uma nova oportunidade. O Mauro me agradeceu muito por ajudar a comer aquele cuzinho maravilhoso, eu que agradeço vc e a Cris pela confiança.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


carol xupando tres carasComtos empregados fodemdo a mulher do patraocontos eroticos casado medico gordinhoContos eroticos novinha deu a bundinha a força pro roludocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosContos travestus fudendoContos eroticos gay iniciado pela maeporno brasileira tarada desvirginando o mulequecontos eroticos dei pra um novinhocontos apanhando do tutorcontos eroticos lesbico casadas e travestivídeo de pornô do metendo vendo a sua beleza ela me chamecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteestiquei os peitos da gostosa contosCU arrombado ABERTO madrasta contonovinha inocente chorando com dote da travesticonto erotico comendo um crossdressercasal bi dando junto contoconto erotico comi minha irma casada no ranchometi o cacete na maninha contocontos eroticos na lua de melincesto contos cunhada pastoraconto erotico -comi minha namorada e sua irmã dConto Erotico: o macho se rendeu a minha rolamarido passivo contos eroticoscontos comeram minha namorada no sitio no fim de semanaesposa soltinha e seria com amigos em casa contoSou casada meu marido viajou e meu vizinho me fodeuchaves comendo o cu de chiquinha no banheirocontos eroticos na madrugadacontos/o cu da sogra era virgemcontos eroticos '; papai duascontos eróticos esposa fogosa sempre me coloca chifrescontos pornos arrombei mamae sogra tia irmaEliana vai almoçar com Maísa fode fode vai fode fode fode meu c*contos eroticos menino no colo do vizinhoAdoro transar com mina amante menstruadafilha tarada vai mete vou gozar cotos eroticocontos eroticos na roça papai mim pegou a forçacontos comendo a enfermeiraconto erotico estuprada pelo primocontos de estruposenfiei tudo naquele cuContos erotico sobrinha de 9contos eróticos pegando minha madrasta traindopapai Me. comeu Contosrabuda e safada incesto contosrelato erotico amiga comendo cu de amiga cinta paucontos erotico duplo analcontos eroticos do vovôContos esposa putavideo porno os peões da minha fazendo me foderammulheresencoxadassexoconto erótico homem castradoconto erotico gay chupando tio bebadoconto erotico rasgou meu cucontoeroticoencestocontos eroticos evangelicaCOROA CHORA NA ROLA CONTOcontos o amante da minha mulher fez um leilão com elacontos eroticos com genrobeira de estrada contos eroticos tapa na cara caminhoneiro teta pau lambero p****** do metrô mulher relata conto eróticocontos eroticos de coros dando o cuzinho para o filho arrombaconto erotico gay chupando tio bebadocontos eroticos de faxineiras coroas safadascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotico casal e amiga uolconto arebentei cu meu cunhadomadrasta pegou enteado vendo filme porno e alivioucontos eroticos possuida por uma estranha gostosaContos eroticos estuprada pelo velhocontos eroticos de cdzinhafamaceltica tocando punheta.para pacienteContos eróticos de incesto filhinha caçulinha dando em cima do paiconto erotico mamae fez zoofiliaconto erotico de tia pedindo psra ver/o paucontos eróticos, minha esposa putaContos eróticos oi meu nome é Hugo tenho 42 anos e minha esposa se chama patrícia contos erotico real na cidade de campinas esposa e estuprada na frente do maridocontos gay ser menina papaicontos eroticos esposas bundudas